Entrevista: Cana Video Production

E porque os vídeos dos rapazes do Cana nos encantam e fazem algumas leitoras comentarem e perguntarem mais sobre o trabalho deles, escrevo este post a partir de uma entrevista informal realizada por email com Ben Potter, um dos sócios da produtora.

Respondendo algumas das perguntas mais frequentes já recebidas por email: sim, eles se deslocam ao Brasil. Já vieram pelo menos três vezes. Duas recentemente, para filmar o casamento da Sharon e o meu. Mas, antes disso, eles também fizeram o filme da Aline e do Russel, um dos mais lindos que já vi também, em uma das igrejas mais lindas que conheço, e que você confere clicando na imagem acima.

E como a entrevista em si já ficou um pouco longa, vamos direto a ela:

1. Por que um vídeo de casamento é importante?

A importância do vídeo de casamento realmente vem do que você espera do dia do seu casamento. Assim como fotógrafos mantem os momentos estáticos no tempo, nossos vídeos são um complemento disso. Por todo trabalho que acontece em um dia de casamento, nós queremos fazer dele uma memória duradoura através do nosso trabalho, uma peça de arte em movimento que contem a beleza do casal naquele dia.

2. Quais as perguntas que você cosidera relevantes para o seu trabalho a serem respondidas antes do casamento?

Quando nos encontramos com o casal antes do dia do casamento, nós queremos enfatizar que nosso trabalho não é um mero registro de todos os momentos do dia. O que fazemos é registrar as partes mais bonitas do dia e transformá-los em uma peça de arte que você vai assistir de novo e de novo, como casal ou com a família e amigos. Nós criamos algo que as pessoas queiram assistir depois do casamento, mesmo que tenham estado lá. Nós entendemos que nosso estilo não é para todos e queremos dar a certeza de que estamos de acordo com o que os noivos querem antes de planejarmos a filmagem.

3. Quais as principais diferenças entre casamentos brasileiros e americanos, e como essas diferenças eventualmente influenciam o seu trabalho?

Nós realmente apreciamos que brasileiros estejam gostando do nosso trabalho e interessados em nos trazer para o Brasil para o seu casamento. É incrível perceber que, mesmo nosso trabalho tendo começado nos EUA, está começando a ultrapassar culturas e causar a mesma reação em pessoas com as quais nós sequer podemos falar a mesma língua. Para nós, a maior diferença entre casamentos americanos e brasileiros é que, no Brasil, é uma celebração verdadeiramente longa, uma festa a compartilhar com o novo casal, enquanto nos EUA, tende a ser mais um dia de celebração das tradições do casamento. Nós procuramos filmar ambos da mesma forma, com nosso estilo, independente do país.

4. Existe algo que todo casal deveria saber sobre produção de vídeo? O que?

Nem toda produção de vídeo é igual. Assim como fotógrafos, cada produtor de vídeo tem um estilo próprio. Procurem o que vocês gostam, o que combine com vocês como casal e, depois que o casamento passar, vocês estarão felizes com um trabalho feito para vocês. Existem muitas produtoras que trabalham com amor ao que fazem. Eu sinto que grande parte do que faz nossos filmes únicos é porque temos paixão pelo que fazemos. Nós amamos criar arte e ver as pessoas tocadas por isso.

5. Como você descreveria o conceito dos vídeos que vocês produzem?

Nós focalizamos na história do casal e mostramos o amor eles durante todo o filme. Nós adoramos ligar isso à beleza do dia e do local que envolve o casal. Nossas tomadas são seletivas, e nós não filmamos quantidade, mas é a busca da qualidade da imagem que nos move enquanto filmamos. Nosso conceito principal é criar algo mais curto, porém mais poderoso no final. Nós nos perguntamos o que vai mover o casal a verdadeiramente reviver aquele dia e sentimos que uma hora de filme não fará isso. Nossos filmes são assim uma edição dos momentos mais belos do casamento.

6. Qual é a sua maior fonte de inspiração?

Assim como há definitivamente muitas fontes de inspiração para os vídeos que produzimos, como arte, música, natureza etc., nossa maior fonte de inspiração é o próprio casal. Nós desenhamos por cima do que eles são, do seu relacionamento, do seu amor. Quando você vê um vídeo de um casal que você conhece muito bem, nós queremos que você diga: “sim, isso é exatamente o que eles são e o que o relacionamento deles é.”. Nós também somos muito inspirados pelo sol e pelo efeito que a luz solar tem nas lentes. A luz da tarde é o que chamamos de “ouro” e é o que ilumina os casais de uma forma totalmente nova. Pessoalmente, todos os nossos filmes são inspirados na nossa fé em Jesus Cristo, pois nós sentimos que ele é o grande artista e nós estamos apenas fazendo uma releitura do que ele criou de maravilhoso primeiro.

7. Vocês gostariam de deixar algum conselho aos casais que vão se casar?

Aos casais que vão se casar, tomem seu tempo e encontrem alguém que se encaixe no estilo que vocês querem. Existem muitas opções para vídeo e fotos, escolham alguém cujo trabalho vocês queiram continuar a olhar nos anos por vir. Escolham alguém com quem vocês se identifiquem e de quem gostem. Muito do caráter e da personalidade dos produtores de vídeo está atado ao seu trabalho. Então se você contrata um sujeito chato, seu vídeo será chato e fará vocês se sentirem chatos. Eu acho. Vocês devem escolher alguém que já tenha tocado vocês pelo seu trabalho e também pelo seu caráter e personalidade.

Obrigada Ben, pela entrevista. Thank you, Ben!

Posts recentes Posts anteriores