15fev2017

Como escolher o dia do casamento?

Quando tornamos público que estamos noivas, uma das perguntas mais recorrentes, após as parabenizações, é: Qual será o dia do casamento? Sim, mal colocamos nosso anel de noivado no dedo e as pessoas já estão querendo saber quando será o grande dia para elas já marcarem a data no calendário. Todos ficam ansiosos! E não é para menos, um casamento é um momento muito importante e todos querem prestigiar o casal.

como escolher o dia do casamento

Imagem via huffingtonpost.com

Mas ao escolher o dia do casamento, uma pressão enorme toma conta do nosso corpo. Pois agora, precisamos coordenar com sucesso, junto com nossas assessoras, todo o restante: avaliar se o dia está bom para os convidados? Se os fornecedores que queremos tem a data disponível?

Nós corremos contra o tempo para conseguirmos deixar tudo perfeito… Como sempre sonhamos.

Então, como escolher o melhor dia para o casamento?

 

Dia do casamento – Como escolher?

 

#1 – Perguntem:

É sempre bom sondar entre amigos mais íntimos e familiares sobre a data pretendida. Sabem o por que? Sendo esse um dia tão importante como é, precisamos saber se as pessoas mais queridas poderão estar com a gente. Eu sei que, às vezes, tudo o que queremos é que todos larguem tudo o que tem marcado para ficarem disponíveis para nosso casamento. Mas não é assim que as coisas funcionam!

É claro que, se nossa melhor amiga não estiver disponível, antes de escolhermos outra data, devemos avaliar o seu motivo. Talvez, ela mesma possa remanejar seus compromissos, se não forem tão urgentes!

Mas vale lembrar que: nunca iremos agradar a todos!!!!!

Conforme escolhermos a data, é imprescindível enviar um save the date para que todos guardem a data com antecedência.

Se for um destination wedding, os cuidados devem ser maiores. Além de ver a estação do ano e o clima local, devemos pesquisar os feriados, eventos culturais e até mesmo possíveis grandes jogos. Quanto aos convidados, verificar a disponibilidade de todos e suas acomodações é importantíssimo para termos um grande dia perfeito!

como escolher o dia do casamento

Imagem via Nilson Versatti

#2 – Disponibilidade dos fornecedores e do local:

Assim que definirmos a data, o que devemos olhar logo em seguida é a disponibilidade do local ainda mais se escolhermos os meses mais disputados do ano, maio e setembro. O cuidado deve ser redobrado se a cerimônia e a recepção forem em locais separados. Alinhar as datas de ambos locais não é fácil, mas não é impossível. Com um pouco de esforço e sorte rsrs, nós conseguimos!

O que é importante pensarmos antes de escolhermos a data: a estação do ano pesa muito no quesito preço! Nos meses de junho e julho, a quantidade de casamentos é mais baixa e muitos locais diminuem o preço para garantirem clientes nesses meses.

#3 – Uma data especial:

Além de alinharmos os itens citados acima, precisamos que a data tenha um significado especial para nós! Podemos homenagear nossos pais ou avós, casando no mesmo dia que eles ou ainda uma data única para ambos (nós e eles).

#4 – Se tudo der errado:

se não conseguirmos a data que tanto sonhamos, por que não adiarmos mais um ano e tentar coordenar tudo para o ano seguinte? Se estamos noivas até agora, esperar um pouquinho mais não será problema. Devemos ser flexíveis e pensar no que é melhor para nós, fazer um casamento em uma data que não seja especial e sem os fornecedores que mais queremos ou esperar um pouco mais e ter o casório do jeito que sempre desejamos?

Comentar

* Campo requerido