16fev2017

Da série: desabafos de noiva & O casamento dos sonhos

Há pouco menos de 10 anos atrás, os casamentos brasileiros eram todos iguais: a cerimônia na igreja, chuva de arroz na saída dos noivos, recepção chic em um espaço fechado com muitas flores e um bolo gigantesco. Poucos eram os casais que se negavam a seguir essas tradições.

fotografia de casamento vestido de noiva

Eu dei graças a Deus, quando as noivas começaram a bater o pé e a exigir um casamento que fosse a carinha do casal. E sabemos que, mesmo hoje em dia, com tanta facilidade e referências diferenciadas, alguns noivos encontram dificuldades em realizar o sonho do jeitinho que sempre desejaram.

Por um lado, tem alguns profissionais – em algumas cidades brasileiras – que não se disponibilizam a aprender os novos conceitos desse universo e seguem de maneira engessada as tradições passadas. De outro lado os pais, que almejam um casamento “da maneira como ele tem que ser”.

buquê assimétrico decoração casamento rústico chic decoração casamento rústico chic

Eu, Nati, sou da seguinte opinião: o casamento é um único dia e ele merece ser tão especial quanto sempre sonhamos. Passamos 1 ano ou mais preparando todos os detalhes, é um gasto de energia, é tanto esforço para que não aconteça nada errado…. Que frente a tudo isso, ele não deveria refletir a personalidade dos nossos pais ou dos fornecedores contratados. Isso não faz sentido. O casamento é nosso, ou seja, tem que ter nossa cara, a cara do casal!

Por isso, sempre falo que é preciso pesquisar muito bem as empresas que iremos contratar. Além de excelência no que fazem, elas devem embarcar no sonho dos casais e ajudá-los a realizá-lo com seus serviços da melhor maneira possível. Nós, aqui no Casarei, pesquisamos a fundo todo e qualquer fornecedor antes de aceitar qualquer tipo de parceria. Para fazer parte do nosso Guia de Fornecedores ou dos anúncios, uma análise minuciosa é feita e além de terem que passar por ela, eles precisam ter o perfil de vocês, nossas noivas!

fotografia de casamento dripping cake

Imagem via Taylor Lord

Ano passado, uma noiva veio pedir minha ajuda. O decorador dela não sabia o conceito e nem conhecia o estilo que ela queria para o casamento. Para vocês entenderem, ela é de uma cidade pequena, cujo as empresas ainda tem resistência ao novo. E não tinha nenhum outro profissional tão aberto no mercado quanto ele. Meu conselho para ela foi um só: ensiná-lo. Pedi para ela escrever na sua agenda o conceito do estilo – o que é e suas características – selecionar várias inspirações e levar para ele. Na reunião, eles discutiram sobre o assunto e ele resolveu encarar o desconhecido e com a ajuda da noiva, desenvolveu uma decoração linda.

Às vezes, tudo o que precisamos fazer é dar um empurrãozinho.

Resolvi desabafar aqui, pois muitas noivas de cidades pequenas passam por isso. E depois de conversar com o fotógrafo Deiwid Oliveira, percebi a importância desse assunto e que devemos sim falar sobre ele para encontrar soluções.

Comentar

* Campo requerido