Dúvidas | Por que a sogra tem que ser amiga da ex?

Sogra, eis uma palavra que dá arrepio em muitas mulheres!!! É impressionante a quantidade de e-mails e mensagens que recebemos de noivas que estão passando por alguma situação complicada com a mãe de seu noivo e não sabem como agir. Muitas indagam até mesmo a amizade da sobra com a ex do filho, como se fosse a pior coisa do mundo.

Pois bem meninas, não é! Saibam disso!

sogra

Imagem via Reader’s Digest

Neste texto, vou abordar o assunto por 2 ângulos:

– pelo lado da criança (quando o noivo tem filhos com a ex);

– pelo lado da sogra.

 

Lado da criança

 

Vamos começar pelo lado do filho, que creio ser muito, mas muito importante.

Como filha de pais divorciados, posso falar com propriedade. A interação entre a família do pai com o filho e com a mãe da criança é importantíssima para que ele se sinta incluído na nova família. Muitas vezes, quando os pais se separam, a criança se sente mais um anexo ao pai, quando o vê nos finais de semana, do que sendo da família. Com a interação saudável entre avó e mãe, a criança passa a se sentir incluída.

Vou abrir uma exceção aqui e contar um pouco da minha história para tentar fazê-las entender o porque sou a favor da amizade da sogra com a ex quando há filhos envolvidos.

avó

Imagem via SheKnows

Meus pais se divorciaram quando eu tinha apenas 9 anos. Durante o período em que estavam juntos, todos os dias íamos na minha avó paterna para jantar. A família toda se reunia. Era ótimo!

Mas após o divórcio, tudo isso acabou porque minha mãe não podia mais fazer parte disso. Não que eu a quisesse lá o tempo todo, mas era constrangedor até mesmo falar alguma coisa com as palavras “a minha mãe”, principalmente na frente da minha madrasta.

Me lembro que, algumas vezes, minha mãe ia visitar minha avó. Nós morávamos bem pertinho dela. Ao vê-las conversando, tomando um café juntas, eu me sentia muito bem. Não pelo fato de eu pensar que ela e meu pai iriam voltar, porque nunca pensei nisso e nem o queria, mas pelas famílias conversarem e interagirem. Afinal, a criança não deixa de ser família porque o relacionamento dos pais não deu certo.

avó

Imagem via ParentMap

Filho é para a vida toda. E tanto pai quanto mãe são responsáveis por sua segurança e bem-estar.

Mas quando meu pai começou a brigar com a minha avó por essa interação e a afastou de minha mãe, meu sentimento era de exclusão. Era como se eu fosse uma estranha no ninho rsrs. Essa situação toda, acabou me afastando da nova família dele também. Eu continuava indo na minha avó quase todos os dias. Ela era meu elo com ele, já que pouco o via.

Essa boa relação entre minha avó e minha  mãe me fazia sentir que ainda era da família. Que apesar do meu pai ter uma nova família, eu ainda fazia parte dela, pelo menos quando eu ia na casa dela.

avó

Imagem via SheKnows

Mas não é só isso. Tem outra questão também. Nossas avós estão sempre nos cuidando, nos zelando, e para poderem fazer isso com êxito, elas precisam saber como estamos, pelo que estamos passando. E quem sabe disso é apenas nós mesmos e nossas mães. Uma avó não pode estar brigada com a mãe de seu neto, se quer ter uma ótima relação com ele!

Quero que vocês saibam que não há necessidade de brigar, bater pé e nem se sentirem mal com a amizade da sogra com a mãe do filho do noivo. Porque ela não é amiga dela só para irritar vocês, mas ela está querendo o melhor para seu neto!!!

sogra

Imagem via Parents

Ah, mas isso aconteceu só com você… algumas podem indagar. Infelizmente, isso é mais comum do que vocês imaginam. Leiam o depoimento abaixo, a Jen consegue explicar muito bem o porque a relação da avó com a mãe da criança é importante:

Então… eu sou filha do primeiro casamento, a primeira. Um anexo a nova família, essa que veio depois de mim e que de alguma forma, foi melhor já que o relacionamento tem durado. Minha mãe e meu pai se divorciaram e meu pai teve uma nova vida, nova mulher e novos filhos.

Ele tratou a minha mãe muito como ex mesmo e não gostava de tê-la estar envolvida em sua vida. Por extensão, isso passou para mim.

Durante minha adolescência, sempre me senti um anexo a nova família. Ele me apresentava como “esta Jen, minha filha do meu primeiro casamento”. Eu não era apenas sua filha, eu era sua filha de uma vida anterior. Eu era um acessório nos finais de semana.

E graças a minha avó, esse sentimento foi desaparecendo. Porque durante esse período, ela continuou amiga da minha mãe. Ela enviava cartões de natal, ainda o faz, sempre perguntava por ela, até mesmo na presença de minha madrasta.

Ela estava genuinamente interessada em como minha mãe está e o que anda fazendo, como minha família estava. No meu casamento, ela passou muito tempo conversando com a minha mãe. E isso foi ótimo! Ela prestou solidariedade até mesmo quando a irmã da minha mãe morreu. Ela insistiu em ir ao funeral para estar lá não só para mim, mas para minha mãe também.

E foi quando minha avó incluiu minha mãe em seu ciclo de amizades, que eu comecei a me sentir incluída também. Eu já não era mais um acessório, pelo menos não para meus avós, eu era da família também. E isso foi ótimo para mim“.

 

Lado da sogra

 

Todos temos um passado!!!! Eu, vocês, o noivo, a sogra, os pais….. Todos! E não podemos simplesmente ignorar esse fato e pensar que a vida do noivo só começou quando ele nos conheceu. Nós carregamos nossa bagagem ao longo da vida e isso inclui momentos bons, momentos ruins e ex’s rsrs.

Quando passamos um bom período da nossa vida nos relacionando com uma pessoa e sua família, nós nos envolvemos de forma tão profunda que, mesmo após uma separação, o carinho e o zelo por ela e seus agregados continuam. Tanto eu quanto meu noivo nos relacionamos por longos períodos e de forma tão intensa com nossos ex’s, que mesmo após a separação, continuamos amigos deles, de suas famílias e sentindo um carinho enorme por todos.

Imagem via Scary Mommy

Não é porque um ciclo foi encerrado que, todos nossos sentimentos relacionados a ele, irão desaparecer do dia para a noite. E como nossos parceiros precisam entender isso, nós também precisamos!

Meu noivo sempre fala que, quando lembramos da pessoa com raiva, é porque o relacionamento não foi encerrado completamente. Ainda tem algo mal resolvido. E eu concordo com ele.

Com nossas famílias não é diferente. Minha mãe ainda fala com meu ex. Quando ele vem a SP marcam almocinhos e tudo mais. Isso não significa que ela não gosta do meu noivo, que gostaria que eu ainda estivesse com o ex ou que o faz para irritar meu noivo.

sogra

Imagem via Her Campus

Bem pelo contrário, ela ama meu noivo e sempre fica do seu lado (afff, isso me deixa louca rsrs). Mas o sentimento de cuidado, de mãe que ela tinha pelo ex, continua em seu peito. E por que obrigá-la a cortar isso se não prejudica a mim, a meu noivo e nem nosso relacionamento?

Quando nossa sogra continua amiga da ex é porque ela tem um motivo para isso, ela gosta da pessoa. E por que ela deveria cortar esse relacionamento, uma vez que não nos prejudica? Isso não quer dizer que não gosta da gente ou que somos apenas mais uma na vida de seu filho ou pior, que quer que ele volte com ela. Não!!! É porque tem bons sentimentos por ela e quer cultivar isso já que a faz bem. E pronto! Simples assim!

sogra

Imagem via The Huffington Post

Agora….. se esse relacionamento influencia na vida do casal por N motivos, seja porque a ex o quer voltar e tenta arrancar informações para usá-las contra nosso relacionamento… Ahhh, aí a coisa muda! Aí temo dizer que a sogra, de duas 1:

– ou é cega;

– ou ela realmente não gosta da gente!!!

 

Que tal deixarmos todo a angustia, a raiva e a insegurança quanto a amizade da sogra com a ex para trás e vivermos plenas e felizes ao lado da pessoa amada? Não é muito melhor investirmo nossa energia em nosso relacionamento do que no relacionamento dos outros, sejam eles sogra e ex, sogro e ex etc?

Receita do dia | Panqueca de Banana Light

Hmm, hoje é dia de receitinha e escolhi uma que fez muito sucesso aqui em casa, panqueca de banana. Esse prato é uma delícia e cai como uma luva em um café da manhã a dois. E o melhor de tudo, ela é light minha gente!!!! Ou seja, dá para comer sem culpa, mas como moderação, lógico rsrsrs.

Quem me conhece sabe que adoro me aventurar na cozinha e como estou começando a cuidar melhor da minha alimentação, estou buscando novas receitas e essa panqueca de banana foi uma das que mais gostei e que até mesmo o noivo, que odeia comidinhas saudáveis, amou! Ele até pediu para eu fazer ontem a noite de sobremesa, depois de comer um super sanduíche com frango, muito queijo, alface, tomate e muita maionese caseira rsrsrsrs. Pode isso?! Haja foco da minha parte!

receita panqueca de banana light

Imagem via Aussel

É muito fácil fazer a panqueca de banana e os ingredientes, provavelmente, terão na cozinha!

ingredientes

– 1 banana;

– 1 ovo;

– 1 colher de sopa de aveia;

– 1/2 colher de sopa de chia;

– canela e sal a gosto.

panqueca de banana light ingredientes

modo de prepraro

– Amassem a banana em um prato e reservem;

– em outro recipiente, batam o ovo e misturem com a aveia, chia, canela e o sal;

– misturem a banana com a mistura do ovo com os outros ingredientes;

panqueca de bana light passo 3

– em uma frigideira, coloquem um pouco de óleo de coco ou azeite de oliva (para ficar mais saudável rsrs) e coloquem um pouco da massa;

– quando o lado estiver dourado, virem a massa com a ajuda de uma espátula para fritar o outro lado.

receita de panqueca de banana light

Detalhes:

– na receita de hoje eu acrescentei um pouco de noz moscada, duas pitadica de nada só para dar um gosto diferente. E ficou uma delícia;

– eu não faço no liquidificador, bato o ovo e os ingredientes a mão mesmo com a ajuda de um fuê.

– essa medida que passei dá para 2 panquecas, como mostra a foto. Para mais porções, dobrar a quantidade dos ingredientes.

Dúvidas:

– É preciso colocar a chia? Não! Vocês podem colocar a linhaça no lugar da chia.

– Precisa fritar no óleo de coco ou azeite de oliva? Não, dá para fazer na manteiga (nhammmmm).

Mas lembrem-se, fazendo na manteiga, a receita deixará de ser light rsrsrs, apesar de se tornar ainda mais deliciosa rsrsrs. Ainn, essa minha cabeça que ama todas as comidas que não prestam me complica a vida!

Acompanhamentos:

– mel;

– geleias de frutas caseiras;

– chocolate (nhammmmm);

– frutas da estação.

Com qualquer um dos acompanhamentos citados acima fica uma delícia. Claro que dá para colocar nutella, pasta de amendoim entre outros itens que só de pensar eu engordo rsrsrs. Mas sabendo que é para ser uma receita light e para nos ajudar a saciar a fome fugindo da farinha branca, as opções mais naturais são as recomendadas!

E não, eu não consigo falar só do light e não citar as “gostosuras engordativas” que a indústria criou para nos manipular nosso paladar e nos deixar ainda mais dependentes desses alimentos industrializados rsrsrsrs, brincadeira!

Gostaram da receita? Se fizerem em casa, nos contem os resultados aqui nos comentários!

Inspiração das telinhas | Casamento inspirado em Game of Thrones

Game of Thrones” conquistou uma legião de fãs pelo Brasil. Sabemos que, quando o assunto é casamento, a série não traz bons exemplos rsrsrs, como foi o caso do casamento da Stark com o Bolton ou até mesmo o anterior – da mocinha com o Lannister. Na verdade, não sabemos qual desses dois exemplos é pior rsrs. Mas vamos falar a verdade, GOT é um prato cheio para quem ama o tema!

Para quem está em dúvida…. Sim, nós assistimos a série rsrsrs!

Uma fotógrafa norte-americana, inspirada pela série original da HBO, reuniu um time especial para criar um editorial inspirado em GOT. E o resultado ficou incrível! Ele foi fotografado no Smithmore Castle, na Carolina do norte!

casamento inspirado em got casamento inspirado em got casamento inspirado em got casamento inspirado em got casamento inspirado em got casamento inspirado em got casamento inspirado em got casamento inspirado em got casamento inspirado em got casamento inspirado em got

Imagem via  Katherine Elena Photography Equipe  Something Perfect Events e Events by Elizabeth Ashley

Para as amantes da série, separamos também o voto de casamento.

Padre:

“Na visão dos Sete (sete deuses), eu por meio deste selo (do verbo selar) essas duas almas, as unindo como uma só pela eternidade.Um olha para o outro e diga as palavras:

Pai. Ferreiro. Guerreiro. Mãe. Donzela. Velha. Estranha. Eu sou dele/dela e ele/ela é meu, a partir desse dia, até o último de meus dias”.

 

O que acharam dos cliques?

Tutorial do dia | Como fazer a caixinha de lágrimas de alegria?

Depois que postamos essa caixinha de lágrimas de alegria no nosso Instagram, choveram pedidos de como fazê-la. Ao invés de explicarmos para todas que nos pediram sobre isso uma a uma, resolvemos criar esse tutorial.

Os casais estão sempre querendo inovar no casamento, e eis que surge mais uma oportunidade para isso, as lágrimas de alegria. Ao invés de fazerem os tradicionais saquinhos, que tal substitui-los por essa caixinha simpática e cheia de charme? Ela cai como uma luxa nos casamentos “fora da caixa”.

Para fazê-la vocês precisarão de:

– folhas de papel;

– impressora;

– molde;

– tags;

– tesoura sem ponta;

– cola ou durex;

– lencinhos.

tutotial caixinha lágrimas de alegria

Modo de preparo: rsrsrsrsrs

Fazer a caixa é muito fácil.

Primeiro:

– Na folha de papel, façam o contorno do molde e recortem. Com uma tampinha, façam um círculo na tampa da caixinha e também recortem;

tutotial caixinha lágrimas de alegria

tutotial caixinha lágrimas de alegria

– depois, dobrem de acordo com as linhas para fazer a caixinha e colem;

– passem cola na tag e colem-na na caixinha;

– coloquem os lencinhos na caixinha.

tutorial caixa lágrimas de alegria

E voilà, a embalagem para as lágrimas de alegria estão prontinhas!

Simples, prático e fácil, não é mesmo meninas?!

tutorial caixa lágrimas de alegria

Alguns detalhes importantes:

Todo o material usado para fazer a caixa de lágrimas de alegria, como o molde e as tags, podem ser baixados clicando aqui. Nesse link, vocês também encontram o arquivo da tag editável, com o nome da fonte utilizada e onde baixá-la. Usem e abusem da criatividade e desenvolvam tags que tenham a carinha de vocês, a carinha do casal!

#FicaaDica

Posts recentes Posts anteriores