06jun2017

Vida de Casada | 7 coisas que aprendemos no primeiro ano de casados

Os primeiros anos de casada são de descobertas e muito aprendizado, principalmente, o primeiro. Apesar de pensarmos que conhecemos a pessoa amada antes de casarmos, é só depois que moramos juntos que descobrimos tudo, absolutamente, tudo sobre nosso parceiro e vice versa.

Todas as manias e os defeitos só aparecem quando moramos junto com a pessoa. E não demora muito para eles virem a tona. As manias são as primeiras a aparecer.

vida de casada

Imagem: Pexels

Deixar a toalha em cima da cama, não colocar a roupa suja no lugar certo, não ajudar nas tarefas da casa… São apenas algumas delas. E os defeitos, apesar de também surgirem com maior intensidade, só começam a nos incomodar quando a paixão passa.

Eu, particularmente, prefiro muito mais um relacionamento onde a paixão ficou para trás. O motivo? A etapa em que o amor está presente, sem os dramas e as intensidades da paixão, é muito mais gostoso. É quando percebemos que realmente fizemos a escolha certa.

vida de casada

Imagem: Pixabay

Eu ainda não casei, mas já moro com meu noivo há 7 anos. Lembro do nosso primeiro ano como se fosse ontem! E apesar de conhecê-lo muito bem, a cada dia aprendo coisas novas!

No primeiro ano, a maioria dos casais chega as seguintes conclusões:

#1 – Uma boa conversa resolve qualquer problema:

Conversar de maneira madura, objetiva e clara resolve qualquer problema, isso é um fato! Por isso, sempre que surgir um problema, devemos parar e conversar sobre ele. Se o parceiro estiver com a cabeça muito quente, melhor deixá-lo quietinho e só parar para conversar quando ele já estiver com a cabeça fria.

vida de casada

Imagem: Relate Institute

#2 – Ser honesta e verdadeira:

Um casal deve ser honesto e verdadeiro um com o outro e poder conversar sobre tudo, até mesmo sobre aquilo que for desconfortável. A partir do momento em que o casal define que tem assuntos que não podem conversar, o relacionamento fica estranho. Afinal, como poderemos contar com o outro se tem assuntos que não podemos debater?

vida de casada

Imagem: Autostraddle

#3 – Co-dependência ou parceria?

Quando casamos, começamos a fazer tudo juntos. É difícil achar uma atividade que somente um faça. Muitas pessoas chamam isso de co-dependência, mas eu chamo de parceria. Quando compartilhamos nossa rotina e afazeres com a pessoa amada tudo fica mais gostoso.

Mas quero deixar bem claro que, não é uma co-dependência, até o momento em que um ainda possa fazer suas coisas sozinho sem haver brigas ou sem o outro ficar desconfortável ou inseguro. Quando um relacionamento toma essas proporções, é porque alguma coisa está errada e deixa de ser um casamento saudável.

vida de casada

Imagem: Pinterest

#4 – Há brigas que devemos lutar, mas há outras que não valem a pena:

Sim, tem muitas brigas que devemos lutar, mas muitas outras, acabamos percebendo que não valem a pena e a melhor solução é deixá-las de lado e ficarmos quietas. Isso vale tanto para nós quanto para eles.

Isso também aprendemos no primeiro ano de casamento!

vida de casada

Imagem: BoredPanda

#5 – O futuro:

O futuro, que antes, pensávamos em apenas 2 ou 3 anos a frente, se torna muito maior. Começamos a fazer planos longos, planos para 10, 15 anos. Isso porque, depois que casamos, parece que o relacionamento é mais real e que realmente vale a pena planejar um futuro distante, pois ele irá acontecer.

vida de casada

Imagem: Business Insider Indonesia

#6 – Ambos precisam ceder mais cedo ou mais tarde:

No primeiro ano de casadas também aprendemos que ambos precisam ceder. Sempre um ou o outro terá que fazer concessões e tudo bem fazê-las, contanto que seja equilibrado, que não seja apenas só um do casal a fazê-las.

#7 – Empatia:

É também nesse ano que aprendemos a ter empatia pelo nosso parceiro e ele por nós. Aprender a nos colocar em seu lugar e vice versa é fundamental para que um relacionamento dê certo, tanto quanto respeito!

vida de casada

Imagem: Pexels

É impressionante quantas descobertas e o quanto aprendemos no primeiro ano juntos, embaixo do mesmo teto. Exercemos também a paciência, a compreensão, aprendemos o que é cumplicidade e companheirismo de verdade. Aprendemos a compartilhar sem dividir, mas a somar!

Não tem nada melhor!

Ciúmes e Possessão – Da série: desabafos e dicas sobre relacionamento

Casamento saudável | 9 hábitos para ter um ótimo relacionamento

Relacionamento – Da série: dicas e desabafos sobre relacionamento

Relacionamento – Devemos bater o pé em algumas questões

Comentar

* Campo requerido