Foto do dia | Um vestido de noiva maravilhoso & Morrendo aqui

Essa foto com esse vestido de noiva maravilhoso é super antiga, datada de 2013. Mas ela é tão incrível, tão fashion que vale muito o repost aqui.

Na verdade, essa foto foi escolhida pela Jess na época como um dos vestidos favoritos do ano.

 

Um vestido de noiva maravilhoso

 

Acho que a legenda mais justa para esse vestido, se é que precisaria de legendas, seria: Morri!

vestido de noiva maravilhoso

Imagem: Reprodução

 

Noiva | O vestido de noiva de Chanel Iman

Noiva | O vestido de noiva de Kate Upton

Noiva | 5 tendências de vestido de noiva para 2018

 

Ele não liga

Hoje estamos retomando um post que fez muito sucesso e que continua tão atual quanto na época em que foi escrito.

Recebi este e-mail de uma leitora do Casarei, e como acho que isso é muito mais comum do que a gente imagina, resolvi postar para vocês e perguntar… E o seu liga?

“Confesso que tenho uma invejinha das noivas sortudas que têm esses noivos interessados assim. Aquelas que contam que o noivo escolheu as músicas, que preparou uma surpresa, que opina sobre tudo, desde os docinhos até a cerimônia… E é justamente sobre isso que quero falar. Às vezes tenho a impressão de que o meu noivo não está nem aí para o nosso casamento. Já conversei com ele sobre isso e ele diz que não é verdade. Mas de fato o que acontece é que se eu perguntar: “Vamos esse sábado conhecer tal chácara para ver se fazemos lá nosso casamento?”, ele sempre responde sim. Ele foi comigo visitar o fotógrafo e certamente irá a qualquer lugar que eu disser que temos que ir.

Mas se depender dele se interessar, casaremos em 2082. Ele não procura nada, quando eu comento alguma coisa, não presta atenção nenhuma. Eu acabo de falar que vi na internet uma tal coisa sobre casamento e ele emenda que o episódio de ontem do Two And A Half Men estava muito engraçado.

Eu sei que em geral são as noivas que se apaixonam pelo tema casamento e muitas até surtam um pouco com isso. Posso falar por mim que não passo um dia sem pensar no assunto. Em cada loja que passo, cada coisa que vejo na internet, na TV, as músicas que ouço, tudo me faz pensar no meu casamento. Compro coisas que podem ser úteis, guardo os vidrinhos de conservas, anoto as músicas que podem ser usadas na entrada da cerimônia, atualizo a página do Casarei 45 vezes ao dia para ver se tem post novo e não deixo de ler nem os comentários das leitoras… Pareço uma louca. Sei que ele nunca vai ficar obcecado por casamento desse jeito, mas até hoje nunca o assunto foi lembrado por ele, nunca começamos uma conversa sobre casamento por iniciativa dele, exceto no lindo dia do pedido. Desde o ano passado ele está com a lista preliminar de convidados que eu fiz e até hoje nem se deu ao trabalho de ver se os convidados dele estão todos lá.

Tem dias que me dá vontade de fazer tudo sozinha, decidir, comprar, escolher, contratar o que e quem eu acho que devo, e depois só mandar a fatura de 50% pra ele pagar. Outros dias, como hoje, bate um profundo desânimo e dá vontade de deixar tudo isso pra lá, esquecer essa ideia de casar e continuar como estamos mesmo (já moramos juntos há um tempo).

Então fica aqui a minha sugestão de tema para a próxima polêmica no blog: noivos desinteressados. Acho que me ajudaria muito ler depoimentos de outras noivas que também vivem esse drama, saber como elas lidam com isso e, as que já casaram, como superaram o problema. Talvez pra outras pessoas isso nem seja tão importante assim, mas pra mim é uma tristeza…”

Imagem Tec Peteja

O que você precisa saber antes de casar que só vai descobrir depois

Eu sei! Você achou que eu iria falar da toalha molhada em cima da cama, do roubo misterioso do cobertor feito na calada da noite, das migalhas de pão dentro do pote de requeijão, e toda aquela velha lista de “problemas” que marcam o início de um casamento, mas não!

Vou listar à partir desta semana algumas coisas que não sabia antes de casar e só descobri depois. Vou  começar pelo fantástico mundo da lista de presentes.

Já fez a sua lista de presentes? Sim? Bom então você já provou a “sensação de poder” que só uma lista de presentes de casamento pode te proporcionar. Você entra na loja e literalmente pode “comprar” tudo. Que delícia!

Você se empolga e sem perceber acaba escolhendo tudo, ao invés de “focar” apenas no que realmente deseja, necessita.

Pois bem, eu me empolguei tanto, que só de travessas de porcelana, se eu emparelhasse todas uma de frente para outra, daria para chegar no Japão. E aparelho para fondue? Por que as pessoas gostam tanto de presentear noivas com aparelhos de fondue? Na minha lista haviam 3,e  acabei ganhando mais 2.

Assim como na grande maioria dos casos,  no final eu acabei ficando com créditos, créditos e mais créditos, que acabei usando para comprar presentes para outros casamentos ( se identificou?), por isso se pudesse voltar  no tempo procuraria fazer a minha lista em algum lugar onde pudesse reverter esses créditos em dinheiro, viagens, um marido novo .

Uma  dica é valiosa na hora de trocar os presentes? Pense muito bem quais presentes irão trocar, não analise apenas o presente, mas sim quem o presenteou. Sabe aquela tia que sempre adorou ver você usando o pulôver que você ganhou dela no Natal de 95? Pois é ela certamente chegará na sua casa nova falando: “Pega lá o presente que sua tia te deu para eu mostrar para sua mãe.”

Captura de tela inteira 24052016 202938

Já foi mal atendida por alguma empresa na hora de organizar o seu casamento?

Eu sempre disse, desde o início do blog que estar noiva é um estado de espírito. Acredito piamente que de alguma maneira nossos hormônios ficam alterados nesta fase da vida, são tantas coisas, tantas decisões, que acabamos ficando em uma TPM constante. Pois bem! Agora some essa TPM a um péssimo atendimento.

Os anos passaram e o setor de casamento evoluiu muito, verdade, mas alguns atendimentos continuam a me surpreender, e no mal sentido. Acompanhei uma amiga querida em seus preparativos tempos atrás, e fiquei passada com o atendimento de algumas empresas, pessoas, prestadores de serviço.

No final, e mais uma vez, o que verifiquei é que a diferença não está apenas no visual, no prato servido, a diferença esta no atendimento, nos prazos cumpridos no comprometimento, na simpatia, educação.

Não importa o seu nome, a sua assinatura se no final você não entregar o que prometeu, não importa o seu nome, a sua assinatura, se você não consegue responder e-mails, orçamentos, se não tem tempo para responder dúvidas. Sim noivas são mais emocionais, noivas gostam de tomar conta dos mínimos detalhes – mesmo tendo contratado alguém para cuidar de todos eles-, são – as vezes- egocêntricas, e até chatas, mas são acima de tudo consumidores, clientes, que merecem um bom atendimento.

E como toda história possui dois lados, vale conferir em um texto muito bom escrito pela Jane – que colaborou com o blog lá no comecinho- mostrando o lado do “fornecedor”.

E você? Conseguiu encontrar profissionais bacanas? Se sim, indica pra gente nos comentários!

as
Imagem: Reprodução The Federalist Papers

Posts anteriores