Life

29Nov2016

Confiança – Da série: desabafos e dicas sobre relacionamento

Confiança, eis uma palavra linda que muitas pessoas tem dificuldade em sentir. Segundo o dicionário, ela significa:

1. Coragem proveniente da convicção no próprio valor.

2. que se deposita em alguém.

3. Esperança firme.

4. Atrevimento.

5. Insolência.

6. Familiaridade.

confiança

Imagem: Lifehack

Confiança no relacionamento

Muitos sentimentos que temos podem atrapalhar nossa confiança: o ciúmes é um deles. Mas por que estou falando sobre isso hoje?Eu fiquei perplexa com a opinião de algumas noivas sobre esse assunto em um grupo que participo. Uma delas relatou que estava sentindo ciúmes e começando a desconfiar de seu noivo por um motivo que não vem ao caso no momento (não quero expô-la), e pediu a opinião das outras meninas do grupo sobre toda a história. Eu li alguns pontos de vista que me deixaram estarrecida. Resumindo, ela estava morrendo de ciúmes e desconfiando da amizade de seu amado com um amigo (não em comum).

Não só uma, como algumas mulheres que participaram da conversa, falaram que nenhuma mulher deve confiar 100% em seus parceiros. Que deve haver confiança sim, mas sempre com o pé atrás.

Como assim confiar mas sempre com um pé atrás??????

Eu fico me perguntando, como alguém em sã consciência pode estar em um relacionamento cujo não há confiança, cujo tem sempre uma porcentagem do seu ser desconfiada não havendo sossego? Eu imagino o quanto uma pessoa dessas pode ficar paranoica e surtar facilmente por causa desse pé atrás. E muitas vezes, essa pulga atrás da orelha é mais uma ilusão da nossa cabeça do que algo que realmente esteja acontecendo.

Como um relacionamento pode ir para frente se não há 100% de confiança? O que será que essas mulheres passaram durante suas vidas para formularem esse pensamento horrível.

confiança

Imagem: Tiny Buddha

É claro que, existem homens que não são confiáveis, que estão sempre aprontando, mas há também aqueles que valorizam a mulher que tem ao lado e que nunca fariam nada para magoá-la.

Será que toda mulher deve ficar desconfiada do seu noivo devido a história de terceiras? Qual é o motivo de envenenar a mente de outra mulher com pensamentos tão tristes?

Gente, se não há confiança, não se relacionem!!!! Desconfiar da própria sombra é viver em um mundo obscuro onde estamos sempre em busca de algo que irá nos machucar, é estar com suas defesas levantadas 100% do tempo. Qual é o futuro de um relacionamento assim?

29Nov2016

O que não falar para uma noiva no mês que antecede o casamento?

A noiva é uma pessoa que está com as emoções a flor da pele. Durante toda a organização do casamento, que normalmente começa com um ano de antecedência, ela passa a sentir mil e uma emoções. Como se fosse uma chave que desliga no cérebro, a noiva muda da água para o vinho. Ela vai da euforia para a raiva em apenas poucos segundos.

Essa mudança repentina de emoção pode acontecer devido a uma atitude que ela não esperava de uma amiga ou uma frase diferente de algum familiar.

Eu, como blogueira de casamento e alguém que ama uma boa prosa, estou em contato direto com as noivas leitoras do Casarei, seja pelas redes sociais, blog ou e-mail. E faço questão de ter esse contato direto, pois é uma maneira de ficar integrada a tudo o que elas passam durante os preparativos do casamento e ainda dar um help quando necessário.

Nessas conversas e trocas de experiências, tenho observado que tem coisas que as pessoas falam que tira qualquer noiva do sério. E é engraçado como é praticamente uma unanimidade entre elas. Até mesmo a noiva mais relax pode ficar mexida com uma frase falada com uma entonação errada.

o que não falar para uma noiva

Imagem via Ryan Brenizer

O que não falar para uma noiva pouco antes do casamento?

 

Sim, ser noiva é quase como ser bipolar ou viver em uma constante TPM. A maioria das mulheres ficam mais sensíveis e suscetíveis a críticas e até mesmo a frases comuns, como por exemplo: tudo ficará bem! Eu já mencionei aqui no blog, os estágios que a noiva passa durante os preparativos do casamento, e quando o casamento está quase chegando, quando falta apenas 1 mês para que a noiva vire esposa, parece que uma bomba está prestes a explodir. A ansiedade e o nervosismo tomam conta de seu corpo e a palavra CONTROLE simplesmente não existe em seu vocabulário. Por isso, é preciso ter cuidado com o que se fala para uma noiva nesse período.

o que não falar para uma noiva

Imagem via Levi Stolove

Fica expressamente proibido falar para ela:

#1 – Tudo ficará bem, relaxa!

No último mês dos preparativos, a noiva tem lista de tarefas. O checklist precisa ser feito e sempre, SEMPRE acontece um imprevisto. E esse imprevisto pode desestabilizar qualquer uma. Falar que tudo ficará bem e que é para ela relaxar é pedir para levar uma patada bem dada ou deixá-la ainda mais nervosa. Nessa hora, se não é para ajudar e apresentar – quem sabe – uma solução, a melhor coisa é ficar quieta! São muitos detalhes que ela precisa resolver para que o casamento fique perfeito e essa não é uma boa hora pra atrapalhá-la mesmo que essa fala seja apenas para ajudá-la.

#2 – Posso trazer um acompanhante?

Ter um convidado a mais no casamento requer mais comida, mais bebida, mais espaço, mais bolo, mais doces… ou seja, mais tudo! Se o convite não traz aqueles lindos dizeres: Fulana e Acompanhante ou Fulana e Família, não, você não pode levar um acompanhante. E não insista, porque isso fará com que uma raiva poderosa tome conta do corpo da noiva podendo fazê-la perder a calma e a elegância.

#3 – É apenas uma festa, por que está gastando tanto?

Quando uma noiva escuta essa frase, ela precisa parar tudo o que está fazendo e respirar fundo milhares de vezes para manter a calma. Se você prefere viajar ou comprar uma casa com o dinheiro que está sendo gasto no casamento QUE BOM PARA VOCÊ, mas para a noiva o importante mesmo é ter o CASAMENTO DOS SONHOS. Cada pessoa tem uma prioridade e o que ela está fazendo com o dinheiro DELA, não é problema seu.

28Nov2016

Da série: desabafos de noiva & Fornecedores de casamento

Hoje o desabafo é de uma noiva linda que foi super mal tratada por uma loja de vestidos de noiva renomada aqui de São Paulo. Vou deixar o relato dela aqui para vocês.

vestido de noiva

Imagem via google

Eu vi um vestido PRONTO na ***** que era lindo, mas tinha as costas abertas e como tenho muito peito pedi para que colocassem um bojo ou algum tipo de suporte para dar maior sustentação e evitar um constrangimento. O vestido custava 19 mil reais e para fazer qualquer alteração, a marca cobraria 1% do valor dele. O modelo era de uma estilista que comentou que não poderia fazer as alterações pois tinha uma noiva sob medida para atender, então as noivas que comprassem a coleção pret-a-porter deveriam ser atendidas pelos funcionários. E até aí,tudo bem!

Como eu queria muito o vestido, negociei com a funcionário por 2 semanas, mas no final ela mencionou que não poderia fazer nada, que eu poderia levar o vestido assim mesmo e mandar em uma costureira fora da loja que cobraria menos.

Logo, fui em busca de outro e quando o comprei, que apesar de ser coleção pronta pude fazer quantas alterações quisesse e ainda ganhei o véu, mandei umamensagem para a funcionária da **** falando que eu tinha achado um vestido e que as alterações ainda eram gratuitas. Fiz isso, pois ela vivia me dizendo que todas as lojas agiam dessa forma (como ela estava agindo). E falei que eles precisavam se adequar à reslidade. Ela me respondei dizendo que as noivas da marca **** são noivas únicas e me desejou boa sorte!

 

Eu jamais imaginei que uma marca como a ***** agiria desse jeito. Eu amava os vestidos, seguia a marca nas redes sociais… Hoje não quero mais nem saber dela. O pior é que eu fiquei com trauma. Voltei a ver vestidos depois de meses.

Não entendo como uma marca famosa que fazem modelos lindos podem fazer isso. Eu ia fazer um escândalo na loja, mas por qualquer razão achei melhor só sair de lá e relatar o que eu passei para que nenhuma noiva tenha que passar por essa situação“.

Por incrível que pareça, isso é mais comum do que parece. As marcas, principalmente as que tem nome no mercado, acham que podem tratar as noivas de qualquer maneira. Eles devem pensar que por terem nome, eles não devem e nem precisam tratar as clientes bem. E é bem pelo contrário, quanto mais renome uma marca tem, melhor deve ser seu atendimento.

Hoje em dia, as pessoas não estão mais dando tanta importância ao nome, mas ao atendimento. E aqueles fornecedores de casamentos que tem tratado seus possíveis clientes de maneira inadequada, mais cedo ou mais tarde, irão sentir de perto as consequências. Sempre falo que uma noiva satisfeita irá fazer ótima propaganda para uma ou duas outras pessoas, mas uma noiva que foi tratada mal, que saiu insatisfeita espalha a notícia para 10. E a marca acaba tendo sua reputação manchada. E na minha opinião, bem feito!

28Nov2016

Quem deve pagar pelo casamento: a família da noiva, a família do noivo ou o casal?

Atualmente, quem deve pagar pelo casamento? Família da noiva, família do noivo, os próprios noivos… Quem?

Assim que ficamos noivas, nossa cabeça parece funcionar de maneira diferente, ela entra em um modo diferente. Só e tudo o que importa é a palavra casamento. É só disso que queremos falar. Começamos a olhar convites, decorações, vestidos de noivas, fotografias diferentes para tirarmos no nosso grande dia… É uma verdadeira loucura. Mas antes de vermos tudo isso, é importante saber: quem vai pagar pelo nosso casamento?

Segundo a tradição, é a família da noiva que paga a maior parte dos gastos do casamento. A família do noivo fica somente com os gastos extras como: jantar de ensaio, lua de mel entre outros.

Mas, em pleno século 21, essa regra não funciona mais. É claro que, ainda existem família tradicionais, mas a maior parte das famílias, como os noivos, não veem mais essa questão por esse lado.

casamento

Imagem via Parade

E nós queremos saber: para vocês…..

Quem deve pagar pelo casamento?

 

Nós temos 3 cenários diferentes como resposta para essa pergunta:

#1 – Família tradicional: como o próprio nome já diz, essas famílias são apegadas as tradições e assim sendo, querem mantê-las vivas. Nesta situação, a família da noiva é responsável por quase 90% de todo o casamento, os 10% restantes como lua de mel, chá de cozinha, jantar de ensaio é por conta da família do noivo.

Aqui, a família da noiva não deve pressionar a família do noivo a pagar pelos extras. É questão de bom senso entre as famílias. Se eles não se oferecerem, a família da noiva acabará arcando com tudo!

#2 – Os noivos com a ajuda dos pais: esse cenário é muito comum hoje em dia, ainda mais com a crise que o país enfrenta. Os noivos se responsabilizam por mais da metade do casamento e os pais, que estão dispostos a ajudar, ficam responsáveis por uma pequena (ou grande) parcela das contas.

PS: Quando os pais arcam com grande parte do casamento, os noivos devem colocar no convite o nome deles em primeiro lugar.

#3 – Somente os noivos: muitos casais optam por pagarem sozinhos o casamento. Mesmo com os pais oferecendo suporte, eles fazem questão de arcar com todas as despesas. Mesmo que isso signifique cortar alguns itens que eles gostariam de ter no grande dia!

PS: Quando os noivos pagam todo o casamento sozinhos, os nomes dos pais não precisam estar no convite.

Qual seria a opção mais correta para os dias atuais?! Queremos saber de vocês!!!!