24Mar2015

Casamento diferente no Largo da Batata

Como vocês sabem, nós adoramos um casamento diferente, principalmente aqueles inusitados. Por isso, quando vimos o casório que aconteceu no Largo da Batata publicado pela Veja SP, nós fomos a loucura. Que ideia mais genial fazer um casamento lá.

Alguns detalhes do casamento

Assim como Solange Knowles, a noiva chegou na cerimônia de bike junto com o seu pai. O noivo, ao invés de a esperar no altar, como manda a tradição, estava tocando tambor para recepcioná-la. Demais, né meninas?

Outro ponto interessante, foi que os padrinhos, durante a cerimônia, jogaram ervas em uma fogueira que significavam desejos para o casal.

Tudo muito diferente e charmoso!!!!!

Para quem se interessou e quer ver a história na íntegra, basta clicar Veja SP.

Imagem: Ricardo Dangelo/Veja SP

24Mar2015

Entrevista com Nana Duailibe & O que é/faz um wedding planner

Noivas de plantão, sabemos que muitas de vocês ainda tem dúvidas quanto ao que um wedding planner faz e se realmente vale a pena contratar o serviço de um. Por isso, entramos em contato com a Wedding Planner Nana Duailibe para que ela explicasse um pouco melhor para vocês sobre este serviço e o por que as noivas precisam dele.

Para quem não conhece, a Nana Duailibe está no ramo há quase 10 anos e hoje trabalha com casamentos em Nova York. No Brasil, ela comandava a Chic Eventos, onde realizou mais de  130 casamentos a frente da marca. Hoje Nana é diretora executiva do Belief Internacional Wedding Planners Inc, um grupo exclusivo para wedding planners ao redor do mundo.

Para quem quiser saber mais sobre o assunto, Nana estará no Brasil dia 30 de março para palestrar no Wedding Worshop, em Curitiba.

Casarei: Muitas noivas ainda não sabem qual é o serviço de um wedding planner. O que faz exatamente um wedding planner?

Nana Duailibe: A principal função do wedding planner é planejar.

- Planejar como utilizar a verba disponível pra que se faça tudo sem estourar o budget,

- dividir todas as tarefas a serem realizadas no prazo que os clientes têm até o casamento acontecer,

- com o conhecimento de mercado, sugerir os melhores profissionais de acordo com gosto e orçamento

- acompanhar a pré-produção, o dia do evento e a pós-produção

É assim por diante, tudo relacionado à organização e planejamento. 

Casarei: Há quanto tempo trabalha como wedding planner? Como escolheu seguir essa carreira?

Nana Duailibe: Trabalho como wedding planner há 8 anos, a dois anos estou em NY. Sou formada em relações públicas e desde os meus 16 anos trabalho com eventos. Foi um caminho natural, escolhi trabalhar com o evento que mais acredito, que mais tem sentido e que mais tem amor. Não troco por nada. 

Casarei: Como um wedding planner pode ajudar os casais que estão com a data marcada?

Nana Duailibe: Uma das funções mais interessantes que temos é proporcionar aos clientes um lado super racional, que eles no processo vão perdendo. Por causa da emoção que envolve o momento, o lado de negociação, de organização e planejamento, sempre fica de lado. Nisso os noivos ganham e muito: podem aproveitar os preparativos, o dia em si e depois conferir com calma tudo que aconteceu porque tiveram um wedding planner responsável.

Casarei:  Quais são as tendências para o universo casamenteiro que reinará em 2015 e 2016?

Nana Duailibe: Em NY, a grande tendência de decoração pra essa próxima temporada são as cores fortes. Outra coisa importante é que trabalhamos com público do mundo inteiro e por isso precisamos respeitar suas tradições. Nisso eles são super firmes. O casamento em nenhum momento pode perder a essência de suas tradições e dos noivos. A personalização sem ser over é necessária e cada vez mais as ideias de papelaria e detalhes evoluem. Na parte de vestidos, vamos ver muito ainda dos modelos com tomara que caia, mas cada vez mais as noivas vão ter mais opções de vestidos fluidos, com rendas e leves. Na cabeça, assessórios delicados e muito cabelo solto.

Casarei: Alguns casais acham que é impossível harmonizar as decorações estrangeiras nos casamentos brasileiros. Você concorda? Por que?

Nana Duailibe: A decoração estrangeira é minimalista. Dificilmente faço eventos com arranjos enormes como vemos aqui, o custo disso lá é muito alto. Eles optam por investir em memória, em detalhes, em surpresas pros convidados. A partir do momento que os noivos daqui, começarem a rever conceitos de decoração, será muito mais fácil. A cultura deles é mais harmônica e simplista. Uma das primeiras decisões de todo o planejamento é o tema do casamento, seja a cor, uma textura e assim por diante. Por isso as madrinhas da mesma cor e assim por diante. Acredito ser viável sim harmonizar as ideais internacionais nos casamentos brasileiros. Só não perder o foco e não tentar copiar tudo.

Casarei: Qual é a dica que você dá para os casais conseguirem adequar as tendências nos casamentos nacionais?

Nana Dualibe: Rever os conceitos impostos pelo mercado de casamento brasileiro. Não é porque todo mundo faz, que vocês precisam fazer. Façam do casamento de vocês, um espelho de suas vidas. Um ambiente agradável pros convidados, feliz, com detalhes que façam eles e vocês lembrarem do casamento.

Casarei: Você tem uma dica para passar para os leitores do Casarei sobre o grande dia?

Nana Duailibe: Não permitam que o processo de organização do casamento fique burocrático. A festa é um ritual de passagem de um casamento feliz que está só começando. Planeje ao máximo, mas lembre que ninguém sabe o que vocês programaram pro dia. Contrate um wedding planner que não seja seu anjo da guarda, você não precisa disso pra esse trabalho. Você vai precisar de alguém criativo, prático, racional e de confiança. Relaxe, aproveite e sorria muito. Se permita chorar de felicidade, abraçar amigos queridos, não esqueça de paquerar seu marido/esposa no dia e aproveite. Não é a flor que vai ficar na lembrança, são essas sensações deliciosas.

 

Em tempo: Wedding Workshop com Nana Duailibe

Quando? Dia 30 de março, das 16h às 21h

Onde? Petit Nougat e Itália Grill –  Complexo Gastronômico.

Rua Emiliano Perneta, 680 – loja 2

Inscrições: info@beliefiwp.com

Mais informaçõeshttp://www.beliefiwp.com/wedding-workshop/

 

 

Mais Informações:

Flávia Ferreira – assessora de imprensa Wedding Workshop

ferreira_flavia@hotmail.com

24Mar2015

Paleta amarela e laranja

Depois de vermos o casamento amarelo no MAM, que postamos aqui, e de apreciarmos um outro casório lindo com paleta amarela e laranja em um grupo no Facebook, resolvemos ir atrás de mais referências com essas 2 cores, por 2 motivos:

- não é a paleta mais popular entre as noivas;

- o resultado é incrível.

O mix dessas cores trazem tanta alegria, tanta vibração quente e positiva, que não podemos deixar esses tons caírem no esquecimento.

Para quem quer uma paleta mais colorida, o laranja e o amarelo também caem bem com o rosa e o azul.

Inspirem-se.

Imagens via Bing

23Mar2015

O noivado DIY fofo da Ju e do Fábio

Meninas, o Casarei é movidos por histórias, sonhos e realizações. Podemos bater no peito e dizer isso com muito orgulho! Se tem uma coisa que adoramos fazer aqui no blog, é receber depoimentos de casais que compartilham suas experiencias. Não importa o que seja, dicas ou desabafos, tudo é válido quando o que fala mais alto é o AMOR!

“Oi noivinhas, meu nome é Juliana, tenho 22 anos e sou noiva do Fábio.
No dia 26 de outubro, indo embora pra casa, dentro do carro embaixo de uma chuva, o Fábio me pediu em noivado. Foi uma surpresa, pois, não esperava MESMO, e um pedido totalmente do avesso. Pra mim, foi um dos momentos mais lindos e podíamos parar aquele momento no tempo sem nenhuma dúvida.

Decidimos comemorar esse dia, e escolhemos por dezembro, porém, como eu estava prestes a me formar em mecânica industrial (SIM, mecânica industrial, rsrs) e estava em provas finais, resolvi jogar nossa comemoração mais pra frente, e como o Fábio estava embarcado a trabalho, colocamos uma data onde ele estaria aqui e eu tivesse tempo de organizar tudo. Sendo assim, o dia escolhido foi 15 de Março de 2015, e agora vem comigo que vou contar de-ta-lhes para vocês:

* Optamos por um almoço, num domingo. Queria que fosse de dia para as fotos ficarem bem legais. Servimos churrasco em geral, de comida: arroz, feijão tropeiro, molho, farofa e salpicão e de bebida: refrigerante, cerveja e agua.

* Os doces foram brigadeiros gourmet que minha cunhada faz.  Nem escolhi os sabores, tudo ela que viu. Me ajudou bastante ter isso a menos pra me preocupar, rsrs!

* O bolo minha prima que fez, eu peguei uma foto na internet e adaptei as cores e ao meu jeito, exemplo: O pombinho que representa ao noivo do bolo na imagem da internet tinha chapéu, colocamos ele de ‘boné’ porque meu noivo adora usar um, (rsrs). Tiveram uns mini-nakeds cake dentro de caixinhas, que minha prima que fez também.

* Os chaveiros de Santo Antônio de feltro foi minha sogra que fez, dei para minhas amigas solteiras.

* compramos 2 engradados de Heineken e meu noivo tirou os rótulos com Bombril e thinner (acreditem, o rótulo MAIS difícil de sair é o da Heineken, eu desisti na 1ª tentativa, e ele conseguiu, rsrs). Colocamos rótulos imitando o da própria cerveja, porém com nosso apelidos. Presenteamos os homens.

* Encomendei home-spray com a essência da Mmartam e na embalagem tinha nossa caricatura, foi a lembrança das meninas casadas.

* Para nossos pais, fiz um lenço bordado, agradecendo por tudo, eles choraram de emoção.

* As mini-gaiolas minha sogra comprou 13 por R$ 16,00 na 25 de Março, ela não sabe o nome da loja, mas disse que é do lado do armarinho FERNANDES. Fiquei dias pensando como podia usar essas gaiolas, e veio a ideia de encomendar mini-cupcakes de flores, para por dentro. Ficou um amor!!!

* A decoração tive ajuda de uma decoradora, ela me ajudou bastante, minha festa foi de dia. Que horas ia montar a festa, fazer cabelo e maquiagem? Só se eu arrumasse um dia antes, mas, um dia antes tinha festa no salão, então, precisei de alguém. Ela fez tudo exatamente como queria, eu passava 24 hrs conversando com ela, mandava fotos, ideias e tudo falava: PRI, QUERO ISSO TAMBÉM. Na verdade, não sei como ela não ficou louca. rs…

* O salão foi um amigo do noivo que será nosso padrinho que conseguiu, e deu muito certo, era um lugar pequeno, porém tinha área externa com grama, e de dia ficou um charme… mesas no gramado, um parquinho para as crianças… Nossa lista girava em média de 25 convidados.

* Os macarons eu nem ia encomendar, aqui são super caros. Na semana do noivado achei uma loja de doces que fazia a R$ 1,70 a unid. do pequeno. Não pensei duas vezes :P

* Encomendei bem-noivados, e o aparador onde eles ficaram, pedi para a Priscila para colocar uma plaquinha escrito: Bem-amados, bem-vividos, bem-noivados

* Pedi para colocar um quadro negro na entrada com a seguinte frase, que uma semana antes vi na internet: Bem vindo ao noivado de Fábio e Juliana, vocês fazem parte dessa história.

* Pedi também para a Pri colocar as fotos do book que fizemos em um varal de fotos, foi a maior sensação… Todos paravam para ver e solicitei a ela que colocasse porta-retratos com as seguintes frases: ‘É, só tinha de ser com você’ e ‘Não importa a pergunta, o amor é a resposta’.

* Demos convites com uma mensagem bem bonita perguntando se aceitavam ser nossos padrinhos, e junto vinha para os homem um tulipa de chopp e para mulheres uma taça.

* Nas mesas, coloquei 2 garrafas, uma de azeite e uma de cerveja. As duas eu juntei, pintei e as decorei. Na mesa também tinha um recadinho nosso para que todos convidados se sentissem especiais.

* As plaquinhas de photobooth uma amiga imprimiu e levei para plastificar. Na noite de sábado eu e o Fábio cortamos e colamos o suporte.

* Alugamos mesas simples, de plástico com 4 cadeiras e uma toalha branca.

* Foi tudo louça, aluguei pratos, talheres, copos e panelas réchaud. E tinha somente 1 garçon para servir bebida.

* A minha make foi minha cunhada que fez, e resistiu o calor. Fiquei maquiada até o último instante.

* Levamos o som do meu irmão e colocamos as músicas do celular do meu concunhado.

* E pra finalizar, chamei uma fot’ágrafa para o dia, e não me arrependo nem um pouco. Cada clique um mais lindo que o outro. Da vontade de ficar vendo as fotos 24 horas, (haha!)

O pedido do Fábio foi lindoooo, e até agora eu esto tentando adivinhar quem chorou mais, eu ou ele. Ele colocou uma música para me trolar (rsrs) e depois colocou uma música que ele SEMPRE falou que colocaria no nosso noivado. Do Pink Floyd.

Espero que eu possa servir de inspiração para algumas de vocês, e vale uma dica: Se você quer que seu dia seja perfeito e do jeitinho que imaginou, não desista. Muitos orçamentos, dias ruins, estresses… irão tentar te fazer desistir. Eu botei todos para trabalharem, noivo, sogra, amigos, cunhadas, prima… Não teve moleza! E não me arrependo nem um pouco, foi um dia lindo, incrível e estamos em estado de graça até agora, recebemos muito amor, muitos elogios, e também muitos presentes. Adoramos e curtimos as 24 hrs do nosso dia. Acredito que aquele dia foi feito para nós, não tinha como não ser. Foi emocionante”.

Imagem: Gabriel Tebaldi