15Apr2015

Cores e seus encantos

E foi com muita cor que os noivos do casamento abaixo resolveram celebrar seu amor.  Mas vamos aos poucos que temos muita coisa para falar.

A primeira coisa que eu gostaria que vocês analisassem bem é a gravata borboleta do noivo. Vocês viram como ela está em harmonia tanto com o terno quanto com o tema do casamento? É exatamente assim que deve ser. Nada deve destoar do tema escolhido, nem mesmo o estilo do casal (aqui a ordem dos fatores não alteram o produto).

A paleta traz todas as cores do arco-íris em tons bem fortes e vibrantes deixando o ambiente e o casório com um ar bem descontraído e animado. As cores ajudam a mexer muito na nossa energia, por isso, precisamos sempre escolher os tons certos de acordo com o nosso objetivo.

Outro ponto fofo demais, é o teto da pista de dança estar forrado com flores de papel!!!!!! Ameiii essa ideia. Ficou bem diferente e alegre, combinando com todo o resto, e com isso quero dizer, com a decoração e com os noivos, que esbanjam energia positiva.

Inspirem-se!

Imagem: The Schultzes via Ruffled

15Apr2015

Comfort Food

Hoje nós vamos falar um pouquinho sobre a comfort food, uma opção que tem ganhado cada vez mais espaço entre os noivos brasileiros.

Imagem: Tink Bird

O que é comfort food?

Quem não se lembra do cheirinho e do gostinho maravilhoso da comidinha caseira da vovó? É exatamente esse o conceito por trás do comfort food. Comfort significa conforto e food comida, ou seja, é aquela refeição caseira e saudável que nos remete a infância.

Quem nunca sentiu o cheiro de uma refeição sendo preparada que trouxe lembranças aconchegantes do almoço ou do jantar na casa de algum ente querido?

Imagem: The Knot Blog

Imagem: The Catered Affair

Imagem: Southern Weddings

Imagem: Pinterest

O que é servido no comfort food?

Como o comfort food é sinônimo de simplicidade, as refeições não são super elaboradas. Entre elas estão:

- bolinhos de arroz

- purê

- bolo de carnê

- aquele macarrão especial que só a vovó sabia fazer

- frutas frescas com creme de leite e açúcar

Imagem: Cafe Latte

Imagem: Wedding Elation

Imagem: Bridesmaid

É impossível não se apaixonar por esse conceito de comida que está no mercado já há alguns anos e que começa a ganhar forças no universo casamenteiro brasileiro.

Para inspirá-las a usar e abusar da comfort food, selecionamos uma receitinha especial que encontramos no site M de Mulher: frango com creme de milho.

Ingredientes:

1 peito de frango grande cortado em tirinhas

Sal e pimenta a gosto

1/2 colher (sopa) de colorífico

2 dentes de alho amassados

2 colheres (sopa) de mostarda

2 colheres (sopa) de óleo de milho

Creme de milho:

2 xícaras (chá) de leite

1 lata de milho-verde em conserva escorrido

1 envelope de sopa de creme de milho

2 colheres (sopa) de margarina

1 cebola média picada

1 copo de requeijão cremoso

1 xícara (chá) de queijo coalho ralado

Modo de preparo:

Tempere o frango com o sal, a pimenta, o colorífico, o alho e a mostarda. Deixe tomar gosto por uma hora, coberto na geladeira. Aqueça o óleo e doure as tirinhas de frango, mexendo de vez em quando. Quando dourar, retire do fogo, mas mantenha aquecido.

Creme: no liquidificador, bata o leite com o milho e a sopa. Aqueça a margarina e doure levemente a cebola. Adicione o creme batido e mexa até engrossar. Em um refratário, coloque o frango e cubra com colheradas do requeijão. Por cima, espalhe o creme de milho e polvilhe o queijo ralado. Leve ao forno, preaquecido em temperatura alta, por 15 minutos ou até dourar. Sirva em seguida.

Imagem: Banquetes e Lanchinhos

15Apr2015

Estilos

Quem acompanha o Casarei sabe, nós amamos o rústico, casamentos no campo, ao ar livre… Sim, mas nem por isso somos bitolados. Sempre que encontramos algum casamento estilosos, não perdemos a oportunidade de postar aqui para vocês. Sobre este, o que podemos dizer? Amamos o local, no melhor estilo dos “estúdios” muito encontrados em N.Y. As paredes hora de tijolos pintados, hora descascada dão ainda mais charme ao ambiente. Decoração clean super requintada também são destaque.

Imagem: Melissa Schollaert Photography

15Apr2015

Os 4 tipos de véu

O veú é uma peça atemporal que acompanha as noivas há séculos. Segundo registros, desde a época dos gregos e romanos.

A escolha do véu é super importante e uma tarefa nada fácil para as noivas. Além de terem que decidir entre as cores, formas e estampas, é necessário escolher o tamanho correto para que não acabe estragando o vestido. Como assim estragar o vestido?

Todo modelo de vestido tem uma fluidez e o véu tem que fazer parte deste contexto. Sabemos que as noivas tem um carinho muito especial pelos seus vestidos, agora imaginem, depois de passar meses escolhendo e fazendo provas para achar o vestido perfeito, vocês acabam escolhendo um véu que não mostre toda essa beleza e perfeição que vocês viram ao escolher o modelo dos sonhos? Todo mundo vai achar o vestido, que deveria ser um dos destaques, uma peça qualquer. E nenhuma noiva quer isso, muito menos a gente.

Os tipos de véus e como usá-los

Para quem não sabia, há 4 tipos de véus:

- Véu longo ou Catedral

Todo mundo já deve ter visto esse véu. Usado principalmente em casamentos que ocorrem em Igrejas, esse tradicional acessório pode chegar a 5 metros de comprimento. Ele ainda pode ser mais comprido que a cauda do vestido. Ele é o modelo preferido das noivas.

 

Imagem: Wedding Bee

- Véu médio

Conhecido também como ponta de dedo, devido ao seu tamanho – que deve chegar nas pontas dos dedos das noivas, ele é a opção perfeita para qualquer tipo de vestido, com exceção dos vestidos curtos.

Imagem: Want That Wedding

- Véu cotovelo

Depois de explicar o nome do véu ponta de dedo, não precisamos explicar o por que desse nome, né? rsrsrs

Assim como o véu médio, ele pode ser usado com qualquer tipo de vestido, menos, sempre tem uma exceção, com vestidos de cauda.

 

Imagem: Pix Good

- Véu ombro

Com seu comprimento até os ombros, esse é o tipo de véu mais informal entre todos os modelos. Ele é muito usado em casamentos diurnos e combina perfeitamente com vestidos curtos e tomara que caia.

Este modelo ainda tem subcategorias, digamos assim. Sabem os voilettes e aqueles véus mínimos que cobrem somente os olhos? Também se encaixam nesse tipo.

 

Imagem: BHLDN

Imagem: Lover.ly

Esperamos que depois dessas dicas, vocês consigam escolher pelo modelo correto com mais facilidade.

xo

Nati