bride

07Jun2016

Nati vai casar: reflexões de uma noiva

Ontem eu resolvi assistir, mais uma vez, “Sex and the City: O filme”. Enquanto eu assistia eu me dei conta que eu estou oficialmente no status: NOIVA. O que quero dizer com isso? Que me emocionei em boa parte do filme, sorri e chorei e me identifiquei querendo xingar o Mr. Big diversas vezes rsrs.

Esse filme, mais uma vez (sim repito essas palavras para enfatizar bem o que quero dizer), me lembrou o que é o casamento.

O casamento não é um evento, não é a festa que fazemos com todo amor e carinho para 400 pessoas, não é escolher e vestir o vestido de noiva dos sonhos…. Ok isso tudo faz parte, e é uma grande parte, mas o casamento em si é para celebrar o amor entre duas pessoas.  É uma comemoração que compartilhamos com quem mais amamos.

Vocês conseguem entender meu ponto aqui?

bridal-reflection-grand-floridian-glass

Imagem via Root Photography

É óbvio que a maioria das noivas, falo assim porque nunca podemos generalizar, quer passar por toda a experiência da organização do casamento, quer convidar todos os amigos para dividir esse momento único. Mas nesse caminho todo que percorremos até o grande dia, algumas vezes podemos acabar esquecendo o porque estamos fazendo tudo isso. E é exatamente isso que não quero que aconteça com vocês.

Quando resolvemos selar nossa união com a pessoa escolhida, não devemos cair naquele conto de que o casamento deve ser o maior evento do mundo. Não!!! Primeiro, ele não é um evento qualquer, segundo ele merece ser compartilhado somente com quem acompanhou a caminhada dos pombinhos, torceu e os ajudaram de alguma forma nesse longo caminho.

O que quero dizer é que:

NÃO IMPORTA  se vocês decidiram fazer uma grande festa ou um casamento mais intimista e simples, o importante é não perder o foco no amor e no significado de tudo isso!!!!

02Jun2016

O que você precisa saber antes de casar que só vai descobrir depois

Eu sei! Você achou que eu iria falar da toalha molhada em cima da cama, do roubo misterioso do cobertor feito na calada da noite, das migalhas de pão dentro do pote de requeijão, e toda aquela velha lista de “problemas” que marcam o início de um casamento, mas não!

Vou listar à partir desta semana algumas coisas que não sabia antes de casar e só descobri depois. Vou  começar pelo fantástico mundo da lista de presentes.

Já fez a sua lista de presentes? Sim? Bom então você já provou a “sensação de poder” que só uma lista de presentes de casamento pode te proporcionar. Você entra na loja e literalmente pode “comprar” tudo. Que delícia!

Você se empolga e sem perceber acaba escolhendo tudo, ao invés de “focar” apenas no que realmente deseja, necessita.

Pois bem, eu me empolguei tanto, que só de travessas de porcelana, se eu emparelhasse todas uma de frente para outra, daria para chegar no Japão. E aparelho para fondue? Por que as pessoas gostam tanto de presentear noivas com aparelhos de fondue? Na minha lista haviam 3,e  acabei ganhando mais 2.

Assim como na grande maioria dos casos,  no final eu acabei ficando com créditos, créditos e mais créditos, que acabei usando para comprar presentes para outros casamentos ( se identificou?), por isso se pudesse voltar  no tempo procuraria fazer a minha lista em algum lugar onde pudesse reverter esses créditos em dinheiro, viagens, um marido novo .

Uma  dica é valiosa na hora de trocar os presentes? Pense muito bem quais presentes irão trocar, não analise apenas o presente, mas sim quem o presenteou. Sabe aquela tia que sempre adorou ver você usando o pulôver que você ganhou dela no Natal de 95? Pois é ela certamente chegará na sua casa nova falando: “Pega lá o presente que sua tia te deu para eu mostrar para sua mãe.”

Captura de tela inteira 24052016 202938

01Jun2016

Já foi mal atendida por alguma empresa na hora de organizar o seu casamento?

Eu sempre disse, desde o início do blog que estar noiva é um estado de espírito. Acredito piamente que de alguma maneira nossos hormônios ficam alterados nesta fase da vida, são tantas coisas, tantas decisões, que acabamos ficando em uma TPM constante. Pois bem! Agora some essa TPM a um péssimo atendimento.

Os anos passaram e o setor de casamento evoluiu muito, verdade, mas alguns atendimentos continuam a me surpreender, e no mal sentido. Acompanhei uma amiga querida em seus preparativos tempos atrás, e fiquei passada com o atendimento de algumas empresas, pessoas, prestadores de serviço.

No final, e mais uma vez, o que verifiquei é que a diferença não está apenas no visual, no prato servido, a diferença esta no atendimento, nos prazos cumpridos no comprometimento, na simpatia, educação.

Não importa o seu nome, a sua assinatura se no final você não entregar o que prometeu, não importa o seu nome, a sua assinatura, se você não consegue responder e-mails, orçamentos, se não tem tempo para responder dúvidas. Sim noivas são mais emocionais, noivas gostam de tomar conta dos mínimos detalhes – mesmo tendo contratado alguém para cuidar de todos eles-, são – as vezes- egocêntricas, e até chatas, mas são acima de tudo consumidores, clientes, que merecem um bom atendimento.

E como toda história possui dois lados, vale conferir em um texto muito bom escrito pela Jane – que colaborou com o blog lá no comecinho- mostrando o lado do “fornecedor”.

E você? Conseguiu encontrar profissionais bacanas? Se sim, indica pra gente nos comentários!

as Imagem: Reprodução The Federalist Papers
26May2016

Remember – A noiva O casamento

Eu simplesmente amei o vestido, pena que não consegui mais fotos, estou procurando e assim que conseguir eu posto aqui para vcs…Soobre a louça…Sem comentários…

az

Imagem via Jennifer Dery

 

Post abril de 2009 by Jess