Luana e Luciano – O casamento

Quem se lembra daquele pré-wedding lindo que postamos aqui no blog em que a Tequila Teresa, a golden retrivier, participou? Pois é, a Luana e o Luciano casaram e é claro que, a noiva encaminhou as fotos para a gente.  Assim como em seu pré-wedding, Tequila Teresa também participou do grande dia.

A decoração me fez suspirar. Gaiolinhas suspensas com flores foram espalhadas por todo o ambiente dando um toque todo romântico para a recepção dos pombinhos. Mas devo confessar que o que mais me chamou a atenção foi a cerimônia. Gente, vamos falar a verdade: que cerimônia foi essa? Só posso dizer uma coisa sobre ela: LINDA DE VIVER!!!!

Fiquei apaixonada pelos arranjos florais espalhados pelo altar.

E o pajem todo lindo com a plaquinha, ainda estou solteiro rsrsrs. Pouco fofo?! Adoro frases diferentes. Já tinha a visto em casamentos americanos, mas nunca brasileiros. E adorei!!!!

Lu e Lu rsrsrs,

desejo que essa nova fase da vida de vocês seja repleta de muito amor e cumplicidade. Que juntos vocês construam uma família maravilhosa e abençoada.

vestido de noiva

sapato de noiva

fotografia de casamento

noiva

noiva

decoração casamento

decoração casamento

cerimônia de casamento

cerimônia de casamento

pajem

cerimônia de casamento

cerimônia de casamento

fotografia de casamento

Imagem: Gabriela Quinália

Ficha técnica:

Fotos pré-wedding: Avant Foto (Local: O Velhão)
Fotos/vídeo dia da noiva e casamento: Gabriela Quinália
Local Cerimônia e Recepção: Casa Quintal
Cerimonialista: Adilson Domingues
Buquê: Floricultura Bate Coração
Doces e bolo: Le Malu
Bem casados: Zulmira Bem Casados
Lembrancinhas: Coisas de Chef
Placas divertidas para festa: Sandroca EVA
Tags e adesivos: Renda-se Criações e Customizações
Beleza (cabelo e make): AP Espaço de Beleza
Vestido: importado
Sapatos: Nova Noiva
Identidade visual, cardápio, convite, topo de bolo, ideia do buquê na gaiola com cadeado e chaves com chaveiros personalizados, caixa de mensagem aos noivos, retrospectiva: eu mesma que fiz com o apoio da equipe do Coisas de Chef

O casamento da Fe e do Wagner

Vocês se lembram deste pré wedding que postamos aqui, com uma noiva linda, um noivo fofo e a Pipoca?! Chegamos até a postar o behind the scenes deles de tão bacana que foi o ensaio!!! Pois bem, os noivos Fe e Wagner casaram e nos mandaram algumas fotos desse momento mais do que especial. Nós amamos!!!! E não só a decoração! Os fotógrafos também estão de parabéns, pois souberam captar e muito bem a magia do momento, com clicks de tirarem o folego. A noiva estava lindíssima, o noivo com aquela carinha de apaixonado… só sentimos falta da Pipoca rsrsrs.

Fe e Wagner, de todo o nosso coração, que vocês sejam muito felizes e que esta etapa traga sempre muitas bençãos para vocês.

Imagem: Hertzing Fotografia

Carol e Fábio by Papillo Fotografia

Tem coisa melhor do que poder admirar um casamento brasileiro lindo que traz diversas inspirações para a gente? Esse é o típico casório que poderíamos ficar falando por horas e horas. Mas como sabemos que nem todas as noivas tem tempo sobrando vamos falar só um pouquinho, prometemos!!!!

O local

Escolher um local para casar é muito difícil, ainda mais quando os noivos querem um casamento na praia. O Brasil, nesse caso, é abençoado e é exatamente por ter tantas praias lindas que dificulta a vida dos casais. Ahhh se pudéssemos casar em todas elas rsrsrs.

O lugar selecionado pela Carol e pelo Fabio fica na Pousada Bangalôs do Gameleiro, Praia dos Carneiros – PE. Na nossa opinião, não poderiam ter escolhido melhor. Olhem que vista maravilhosa e isso que o céu nem estava ensolarado na hora da cerimônia!

A decoração

A decor não poderia ter mais a ver com o lugar e com o estilo do casamento. Um dos itens que mais adoramos foram os bem casados embalados com crochê. Essa ideia é uma daquelas para ir para a pasta de favoritos.

O topo de bolo também entra nessa lista. So cute!

Outro destaque da decoração foi a canoa decorada com bancos, flores e gaiolinhas. Com toda a certeza, foi uma ideia muito original.

Como mencionamos acima, poderíamos ficar falando por horas sobre esse casamento. Ele está entre um dos casórios praianos brasileiros mais lindos e inspiradores que já saiu aqui no blog. Que ele consiga ajudar todas vocês.

Papillo Fotografia agradecemos por vocês compartilharem com a gente esse momento tão especial na vida da Carol e do Fábio. As imagens ficaram lindas.

Ficha técnica:

Vestido: Ateliê Lívia Nascimento
Acessório: Tereza – tia avó da noiva
Sapatos: Santa Lolla
Bouquet: Tereza – Tia avó da noiva
Decoração: Noiva, família da noiva e Giovanni Papinni
Maquiagem: Diogenes Coelho
Bolo: Luíza Papinni
Docinhos: Luíza Papinni
Buffet: Le Blanc
Música : DJ Cnavarro/ D’Breck/ Replay Beats
Cerimonial: Gisela Branco
Convites: Festa, Papel e Tesoura
Local: Pousada Bangalôs do Gameleiro, Praia dos Carneiros -PE
Filmagem: Labonia Filmagem
Fotografia: Papillo Fotografia | Vanessa Acioly
Fotógrafo assistente: Esdras Acioly

Rayane e Rodrigo by Aline Lelles

E quando eles se encontraram, o amor nasceu, cresceu e se expandiu atingindo a todos ao seu redor. É assim que vemos o casal Rayane e Rodrigo que resolveu celebrar todo esse amor em uma cerimônia linda, estilosa e super colorida no Rio de Janeiro. Os cliques ficaram a cargo da querida Aline Lelles.

O Casório de Rodrigo e Rayane
autora: mãe da noiva
.
Olha isso, minha gente,
Uma história vou contar!
Uma história de amor
A todos vai encantar!
É o cordel de uma princesa
E um príncipe militar.
.
Este enredo começou
Quando o destino quis juntar
Dois jovens sonhadores
Mas diferentes no sonhar
Ela, médica, engajada,
Ele, piloto, céus a voar.
.
O Brasil de norte a sul
Foi ele viajar
Fortaleza-Ceará,
Em Guarulhos foi morar,
Esperando algum dia
Ao Rio poder voltar.
.
Nas férias correram mundo
Em terras de reis e rainhas
Itália, Portugal e Espanha,
Na torre de Segóvia ele tinha
Em seu bolso, uma surpresa:
Um anel para a sua florzinha.
.
E como num conto de fadas,
De certa tradição milenar,
A espada do pai ele herdou.
Ela, menina brejeira, quer usar
O vestido de noiva da mãe
E feliz subir ao altar!
.
E assim, inspirados num cordel,
Os noivos e seus pais vêm convidar:
Amigos e familiares, venham
Desta cerimônia participar
Na Paróquia Santa Cecília
Em Braz de Pina, onde irão casar!
.
“Nós começamos a namorar bem novinhos, nos conhecemos num encontro de amigos do curso de 8ª série da minha amiga-prima, em 2000, eu tinha 13 anos e ele 15. Ficamos amigos e conversávamos muuuuuuito pela internet, no antigo icq. Ele me paquerava com algumas indiretas e eu gostava, mas não queria namorar. Depois de pouco mais de 2 anos de paquera, no início de 2003, ele me conquistou de vez e decidimos namorar, mas nem tudo estava perfeito, pois ele acabara de passar para escola militar (EPCAR) e ia morar em Barbacena – MG, pelos próximos 3 anos. Não foi nada fácil, mas seguimos namorando à distância. Depois dos 3 anos em Barbacena-MG, ele foi para a AFA em Pirassununga-SP, onde continuou a formação de aviador da FAB por 4 anos. Enquanto isso, eu mantive os meus planos de fazer medicina aqui no Rio mesmo. Depois de formado, ele foi morar em Fortaleza-CE, por 1 ano, Natal-RN por alguns meses e depois Guarulhos-SP, onde serviu por mais 3 anos, até conseguir voltar a morar no Rio.

Nós já planejávamos nos casar desde a formatura dele, mas ainda não era a hora, pois eu queria terminar a minha faculdade. Em 2011, no meu último ano de faculdade, fui pra Portugal fazer intercâmbio por 3 meses e viajamos nas férias para a Espanha. Foi então que no alto da torre do Alcázar de Segóvia, ele se ajoelhou e me pediu em casamento. Que amor! Mas ainda não era possível marcar a data, pois eu havia passado para a residência aqui no Rio e ele continuaria morando em SP. Depois de muito desejarmos, ele conseguiu a transferência para o Rio e então marcamos o casamento, com aproximadamente um ano de antecedência. Ele finalmente voltou para o Rio em fevereiro de 2014 e nos casamos em dezembro deste mesmo ano. Foram praticamente 12 anos de namoro, 11 deles à distância!
Nós desejávamos um casamento com o nosso jeitinho, então, optamos por casar no bairro onde minha família mora e por onde eu tenho um carinho super especial.

O vestido de noiva foi o mesmo que a minha mãe usou no seu casamento, e foi o meu pai que sugeriu que eu experimentasse! Ela estava linda no casamento deles! E eles são um exemplo de amor pra nós, são casados e felizes há 32 anos! Quando eu experimentei, ele coube exatamente no meu corpo! Nossa, foi emocionante! Quase 1 ano antes da data do meu casamento! Meu pai ficou com os olhos cheios d’água! O vestido ficou tão lindo e tão diferente dos que eu já tinha visto, que eu não queria mais nenhum vestido. Era esse! Mas o vestido estava um pouco detonado! Ele tinha um rasgo grande na saia e estava bem amarelado! Ela até pediu que eu desistisse da idéia, mas eu queria muito casar com aquele vestido, ele tinha um significado imenso pra mim! Minha mãe fez o vestido com a minha avó e eu sabia que a minha mãe era capaz de recuperá-lo para o meu casamento. Ela então conseguiu restaurar o vestido e somente ela trabalhou no vestido do início ao fim. Bem, eu ajudei um pouco, mas o mérito é todo dela! Fizemos apenas algumas modificações. E o meu noivo super me apoiou nesse desafio! Ele também iria usar a espada que herdou do pai (que também foi oficial da FAB). Então, essa foi uma forma de homenagearmos as nossas famílias!

O casamento teve como inspiração um conto de cordel! Foi a minha mãe quem o escreveu e ficou perfeito! O cordel ficou no convite, que teve as ilustrações feitas especialmente pelo meu primo Sandro Menezes e o design da minha cunhada Julianna Paraizo!
Sobre a decoração, desde o início eu queria um casamento todo colorido, mesmo, não queria detalhes coloridos, queria o contrário: detalhes simples e o todo bem colorido! E não queria nada luxuoso! Até porque o local era muito simples, a beleza do salão era a vista para a igrejinha. Então, a decoração tinha que se sobressair! Com a idéia de inspiração em cordel, pensamos numa decoração com toques regionais, mas saindo do comum! A Natalye da Caminho de Noiva, responsável pela decoração e cerimonial, captou bem o que eu pensava e conseguiu fazer uma decoração perfeita! Fomos juntas no Saara escolher e comprar os tecidos! Minha mãe fazia questão de costurar os souplats de tecido, os guardanapos, as toalhas de tela arrastão e os caminhos de mesa. Ela ficou tão empolgada que colocou a família toda e alguns amigos na produção dos itens! Fizemos algumas outras coisas também: as florzinhas de renda dos bem-casados, os veuzinhos de brinde, os porta-guardanapos, os estandartes de santinhos, enfeitamos os leques para distribuir na cerimônia e uma tia fez os buquês de tecido das minhas amigas damas. Isso foi ótimo! Como nós tivemos a colaboração e participação de pessoas muito especiais, foi tudo feito com muito amor e carinho! A minha casa estava sempre cheia e repleta de alegria com os preparativos! Meus dindinhos praticamente se mudaram para a minha casa nos finais de semana e feriados antes do casamento para ajudar na produção e na arrumação da casa, pois o dia de noiva ia ser lá mesmo, a poucos metros da igreja!
E o que eu mais gostei e me deixou mais orgulhosa do nosso casamento foi o empenho da nossa família e amigos! Nossa! A participação deles nos preparativos foi fundamental! Eu esqueci de comentar, mas até a banda que tocou na festa foi a banda do meu tio! Ou seja, foi literalmente uma festa de família! E era exatamente o que eu e o meu noivo queríamos”!

Posts recentes Posts anteriores