Lista de convidados

O assunto de hoje é o mais tenso…
Lista de convidados, o terror da nação… rsrs.

Pensa num trem complicado gente, multiplica, triplica… (experiência de quem já casou) essa tal de lista é tensa.

Mas antes dela, você precisa definir a quantidade de convidados para seu casamento. Com o número definido, você começa a fazer a “danadinha”. Aí faz, refaz, refaz de novo e daí percebe que precisa de estratégias para restringir ela ainda mais, pois sempre ultrapassa aquela quantidade estipulada (isso é normal rsrs).

Imagem: Pinterest

Ain gente, é bem complicado… Existem várias estratégias, mas uma das principais é convidar pessoas que fizeram parte da história do casal, que estiveram presente, sabe!? Aquelas pessoas que torceram por você (de verdade, pois tem umas que fingem, né!?).

Sempre tem um ou outro que acaba ficando de fora, pois por mais que você queira convidar só quem realmente se importa e torce pela sua felicidade, tem sempre uns que a gente convida por obrigação, sabe!? (Sabe aquelas pessoas que se você não convidar dá uma merda danada!?) É a vida gente, infelizmente tem coisas que não é bem do jeito que a gente quer. Mas o importante, é pensar na maioria, pois aí, você nem percebe aquela presença “negativa” por perto, pois a luz que nos rodeia é maior.

Enfim, se prepare psicologicamente para a lista de convidados, pois é essa “danadinha” que dá uma “dorzinha” de cabeça chata!

Imagem: Google

Ah… não esquece de estipular o número de convidados antes e já preparar estratégias. E que a grande maioria, seja luz, seja amor, seja pessoas que você ama.

Abraços e beijos de luz! ;-*

 

LISTA DE CONVIDADOS – DEVEMOS CHAMAR TODA A FAMÍLIA? CRIANÇAS APROVEITAM MESMO UM CASAMENTO?

LISTA DE CONVIDADOS – 7 PESSOAS QUE DEVEMOS CORTAR

LISTA DE CONVIDADOS – O CARMA DAS NOIVAS

Fotografia do dia – A lista de convidados

fotografia de casamento

Imagem: Mademoiselle Fiona

Eu já falei muito sobre a lista de convidados – alguns links estão abaixo. E a lista está mais para um karma dos casais, principalmente para as noivas, do que qualquer outra etapa dos preparativos. O que eu quero que vocês saibam é que, não importa o tamanho que seja o casamento: mini, intimista, médio, gigantesco…. Tenham a certeza de estarem convidando as pessoas que realmente são importantes para vocês. Sabem por que falo isso? Não adianta nada vocês terem a festa dos sonhos se não puderem compartilhar com quem realmente importa!

Então, coloquem as pessoas que são prioridades no topo da lista! Garantam um lugar especial na celebração do grande dia para elas. Não tem nada pior do que os noivos se lamentarem por não terem chamado X ou Y. E acreditem, já vi muito isso!


Leia também: Lista de convidados – Devemos chamar toda a família? Crianças aproveitam mesmo um casamento?

Leia também: Lista de Convidados – 7 pessoas que devemos cortar

Leia também: Lista de convidados – O carma das noivas

Lista de convidados – Devemos chamar toda a família? Crianças aproveitam mesmo um casamento?

A lista de convidados deixa qualquer noiva maluca. Parece mais um karma que todas nós devemos passar do que qualquer outra coisa rsrs. Quando surge esse assunto, muitas noivas ficam confusas sobre quem convidar: somente os pais, pais e filhos, chama a família toda que está tudo certo?! Quem devemos colocar e cortar da lista? As crianças aproveitam mesmo uma festa de casamento? Vale a pena pagar por elas?

lista de convidados crianças

Imagem via Carmen Roberts Photography

Eis um assunto complicado e com muita, mas muita divergência de opinião. Os casais, quando constroem a lista de convidados, tem 2 opções:

  • convidar apenas os pais;
  • convidar a família.

A primeira opção é uma das mais escolhidas entre os noivos. Ninguém fala o porque, mas a verdade é que a maioria prefere fazer uma festa só de adultos, porque ao convidar crianças (muitos buffets cobram por elas mesmo que tenham apenas 4 anos), eles deixam de convidar outros amigos queridos. Sim, as crianças, tomam o lugar de outros convidados, isso é fato, e muitos falam que essa é uma boa decisão, porque criança não aproveita uma festa de casamento.

lista de convidados crianças

Imagem via Melissa Tuck Photography

Mas eu, Nati, discordo profundamente desse pensamento. Todo casamento tem crianças, afinal, as daminhas e os pajens são o que mesmo? Exato, CRIANÇAS! Crianças de todas as idades, a menos que sejam de colo, se divertem muito em casamentos tendo ou não um cantinho só delas. Elas são espontâneas, graciosas e sua inocência encanta a todos dentro e fora da pista de dança. É claro que, se o casamento tiver muitas crianças, um cantinho especial só delas com monitores é uma ideia divertida que dará sossego a muitos pais que não precisarão se preocupar em chamar uma baba e na festa, poderão se divertir a vontade e ainda ficar de olho nos pequenos.

cantinho para crianças casamento

Imagem via Pinterest

Essa é apenas a minha opinião, uma festa cheia de crianças é uma delícia. A alegria delas transborda e contagia a nós e outros convidados. Sem falar que a experiência de estar em um casamento divertido, para elas, é sensacional!

Queria saber a opinião de vocês sobre o assunto: devemos ou não adicionar as crianças na lista de convidados?

Lista de Convidados – 7 pessoas que devemos cortar

A lista de convidados leva os casais a loucura! Ao longo dos preparativos do casamento vamos fazendo novas amizades, outras que desapareceram há muitos anos reaparecem, primos/tios/tias distantes voltam a ligar e a conversar… Parece que algumas pessoas tem um certo tipo de radar para casamentos. E muitas delas, nos sentimos obrigadas a convidar para o nosso grande dia.

lista de convidados

Imagem via Gia Canali

É engraçado, tudo o que mais queremos é diminuir nossa lista de convidados, mas parece que ela só aumenta com o passar dos meses. Já escrevi aqui no blog algumas dicas de como diminuir a lista, eu sei, mas como é um assunto que aterroriza todos os casais, resolvi falar hoje sobre alguns tipos de pessoas que não devemos nos sentir na obrigação de convidar.

1) Familiares:

Não são todas as pessoas da família que somos obrigadas a colocar na nossa lista de convidados. Tios/tias/primos distantes, aqueles que não falamos há anos e que nem mandam sinal de vida não precisam ser convidados para o nosso grande dia. Devemos lembrar que nosso casamento é um momento que queremos passar com as pessoas que nos amam e que torcem por nós. Se esses parentes não mandam nem um sinal de fumaça, por que convidar?  Nosso grande dia não é uma reunião de família para chamarmos a todos. Devemos convidar apenas aqueles mais próximos, como: mãe, pai, tios/primos de primeiro grau que temos um relacionamento e que sentiríamos falta se não estivessem presentes.

2) Pessoas que nos convidaram para o casamento:

Essa é uma questão que preocupa alguns casais, mas não devemos convidar um casal só porque eles nos convidaram para o casamento deles. Nossos convidados devem fazer parte de nossa vida (falei isso ali em cima), são aqueles que estão presentes em todos os momentos importantes. Portanto, se aquele casal não entra nessas especificações, não devemos nos sentir obrigadas a convidá-los.

lista de convidados

Imagem via Pinterest

3) Amigos do trabalho:

Não é só porque trabalhamos com uma pessoa que devemos convidá-la para o nosso casamento. A maioria dos nossos “amigos de trabalho” só estão presentes nos momentos em que estamos trabalhando e nada mais. Se eles não estão na nossa lista de pessoas importantes e que farão falta, por que convidá-los? Para isso serve o happy hour!

 

4) Convidar apenas adultos:

Uma maneira de diminuir a lista de convidados é fazer o grande dia apenas para adultos.É claro que se optarmos por isso, devemos ter um cuidado especial ao avisar os pais. Muitos podem levar a mal, mas que tal mostrarmos para eles que uma noite de folga das crianças não faz mal para ninguém?

lista de convidados

Imagem via Eric Pearce Photography

5) Amigos que não falamos há anos:

Esse não é o momento para resgatarmos aquela amizade antiga, ainda mais se quisermos uma celebração pequena. Até porque estaremos tão ocupados que não poderemos dar a devida atenção a esses amigos. Então, que tal deixarmos para resgatar a amizade em outra ocasião?

6) Vizinhos:

Aqui em São Paulo não temos o costume nem de conversar com os vizinhos, imaginem de convidá-los para o casamento. Mas essa é uma necessidade que algumas pessoas, principalmente de cidades menores, sentem. Vale lembrar que, mesmo dando oi todos os dias e trocando favores, eles não são nossos melhores amigos. Pode até parecer insensível, mas nosso casamento deve reunir apenas as pessoas que marcaram a nossa vida de alguma forma e que fazem parte dela. Sim, estou mais uma vez tocando nessa tecla, mas isso é porque é muito importante!

Documentary-Wedding-Photography-16-of-13

Imagem via SSV Photography

7) Convidados a mais:

Muitos convidados acabam pedindo se podemos abrir espaço para uma pessoa querida deles, seja namorada/o nova/o, pai ou mãe, mas temos a obrigação de liberar um convite a mais porque um ou outro convidado quer. Mais uma vez, devem estar presentes em nosso casamento quem realmente importa!!!! Claro que abrimos uma exceção para o namorado da nossa melhor amiga que vem de longe apenas para nos prestigiar.

 

 

| Posts anteriores