Noiva | Noiva depressiva ou ansiosa & Os preparativos

Ser uma noiva depressiva ou ansiosa podo tornar eu, você e qualquer outra mulher em uma bomba relógio. E quando estamos com a depressão ou ansiedade desregulada, qualquer mínimo estresse a mais pode nos afetar de maneiras inimagináveis.

 

Noiva depressiva ou ansiosa & Os preparativos

 

Atualmente, grande parte da população tem depressão ou ansiedade em diferentes níveis. E dependendo do nível em que esses transtornos se manifestam conseguimos ou não seguir em frente.

Eu bato palmas e ovaciono as noivas que sofrem com isso e conseguiram passar pelos preparativos. Sabem por que? Não é fácil ser depressiva ou ansiosa e se deparar com milhares de pequenos estresses, contratempos e não pensar em desistir, ou até pensar mas seguir em frente e concretizar o sonho de se casar.

noiva depressiva ou ansiosa

Imagem: Becoming Mindy

Muitos dos sintomas que dão devido a esses transtornos nos paralisam. Nos fazem “parar no tempo” para que possamos ter uma falsa sensação de segurança. Seguir em frente é sempre uma tortura. Temos que fazer um esforço gigantesco para tudo. E isso nos leva a cair, mais uma vez, no ciclo vicioso de sintomas, preocupações e medos.

Se levantar a cada vez que caímos parece uma missão impossível. Mas não o é, só extremamente trabalhoso.

Haja terapia para nos ajudar nesses momentos rsrs.

 

Por que estou falando sobre isso?

Eu sou uma pessoa que sofre com isso. Depressão, ansiedade, síndrome do pânico estão sempre nas sombras me espreitando, esperando uma brecha para voltarem com força total. E eu tenho um medo gigantesco de casar por causa disso. Eu mascaro muito bem. É uma coisa que aprendemos a fazer ao longo da vida.

Tenho medo de que o estresse dos preparativos sejam o estopim, dê essa brecha para que tudo volte e eu caia no fundo do poço. Eu já fui para lá e não quero me encontrar nessa posição nunca mais.

Foi por isso que eu não remarquei a data.

noiva depressiva ou ansiosa

Imagem: Reprodução

E isso não é uma coisa que eu me sinta confortável em dizer para todo mundo que  me pergunta: quando será o casamento?

Eu tenho consciência que ser uma noiva depressiva ou ansiosa não é algo que deva nos impedir de casar. Mas o medo está ali todo o tempo para me lembrar de algo que eu não gosto e que é difícil de conviver. Foi difícil eu aceitar o pânico e viver com ele.

Sim, existem maneiras de fazer com que esse medo diminua a cada passo. A palavra chave aqui é ENFRENTAR. E sim, quando estou me sentindo bem, não preciso estar 100%, mas quando estou uns 51% bem eu enfrento. Enfrento com todas as minhas forças. E dá certo!!! Fico super orgulhosa de mim mesma.

noiva depressiva ou ansiosa

Imagem: inspired-occasions

E sim, sei que sou capaz de enfrentar os preparativos. Afinal, organizar um casamento não é feito somente de estresse. A maior parte é de momentos extremamente felizes, e é nesses momentos que devemos nos apegar.

Tenho convicção que se tantas noivas que sofrem com isso conseguiram, eu também conseguirei. Isso significa que vocês também conseguirão.

Sempre que sentirmos algo devemos respirar fundo, abrir um sorriso e nos lembrar do porque estamos casando.

Vamos unir nossas forças e nos ajudarmos nessa etapa.

 

 

Casamento | 6 dicas para a organização do casamento

A organização do casamento e como agimos durante esse período irá definir como será nosso grande dia.

Sabem por que?

É nessa etapa que olhamos todos os detalhes, que contratamos os melhores fornecedores e que lidamos com os possíveis problemas que surgem no meio do caminho.

organização do casamento

Imagem: The Knot

Sim, é uma das partes deliciosas que passamos, mas ao mesmo tempo estressante demais. Quem nunca pensou em desistir no meio dos preparativos que atire a primeira pedra rsrs.

Mas com algumas dicas especiais é possível manter a calma e organizar o casamento de maneira mais tranquila.

 

6 dicas para a organização do casamento

As dicas que selecionei para passar para vocês tem o intuito de tornar a organização mais tranquila, mais leve! Isso não significa que vocês não precisam contratar uma boa assessoria. Esse profissional é essencial para que dê tudo certo e que o sonho se torne realidade sem nenhum problema.

 

#1 – Um único e-mail para as coisas do casamento:

Ter um e-mail voltado para a organização é importantíssimo. Dessa forma, os e-mails sobre o casamento não se misturam com aqueles que recebemos diariamente.

Sem falar que, ter um e-mail só para isso, nos ajuda a nos organizar.

Depois que o casamento passar, não é necessário excluir a conta. Agora vocês podem usá-la em conjunto para deixar a vida doméstica mais organizada.

 

#2 – Colocar a nova família em evidência:

Como vocês bem sabem, eu sempre falo que se relacionar é uma arte. Ter pessoas que influenciam em nossa vida diretamente não é fácil. Mas isso é família, isso é se relacionar.

A partir do momento em que tomamos a decisão de casar, nós devemos deixar bem claro para todos, que a nova família – aquela que estamos construindo – virá em primeiro lugar.

Isso não significa que deixaremos nossos familiares de lado, mas que a partir de agora, essa família que decidimos construir terá prioridade.

organização do casamento

Imagem:  Melqui Zago e Pam Passos

#3 – Gerenciar as despesas do casamento:

Antes de mais nada, é preciso ver o orçamento que temos para o casamento e então começar a gerenciar as despesas. Alguns casais gostam de colocar tudo relacionado ao casamento em um único cartão, outros tem uma conta só com o dinheiro do casamento que alimentam todo mês.

É importante decidir sobre isso e ter a planilha sempre em mãos e atualizada com todos os fornecedores, valores, datas para pagamento e o que já foi pago.

Assim, ficará bem difícil nos perdemos.

 

#4 – Coisas que realmente interessam:

Nem todos tem um orçamento ilimitado para o casamento. Nós meras mortais, normalmente, temos um x que podemos gastar. E nesse x, devemos incluir tudo o que realmente é importante para nós e a pessoa amada.

– O que mais é mais importante num casamento para vocês?

– O que é mais importante um casamento para o parceiro?

Tendo isso em mente, fica muito mais fácil sabermos quais são as prioridades e investir nelas.

organização do casamento

Imagem: Darina Stoda Photography

#5 – DIY:

Casamentos DIY são lindos, são emocionantes mas não servem para todos! O “Faça você mesma” requer muito tempo e muitas vezes, não temos esse tempo disponível.

Porém, se nos comprometemos, formos bem organizadas e fazermos algo que realmente temos habilidade, o sucesso será garantido.

 

#6 – Pedir ajuda e delegar:

Durante a organização do casamento é importantíssimo pedir ajuda e delegar a família e os amigos mais próximos nas tarefas.

Delegar é fundamental para que eles possam cumprir com a tarefa perfeitamente bem.

organização do casamento

Imagem: Darina Stoda Photography

Essas dicas são bem simples, mas fazem toda a diferença durante a organização do casamento. Se tiverem alguma dúvida ou uma dica para acrescentar a matéria, deixem nos comentários.

 

 

Decoração Casamento | Check list especial

Check list especial para as noivas

Planejador de custos

 

Planejar o casamento: quando a família quer ajudar

Quando ficamos noivas não vemos a hora de começar a planejar o casamento. Vendo nossa empolgação, a família faz de tudo para nos ajudar e muitas vezes acaba atrapalhando. Mas eles não fazem por mal, na verdade, o objetivo deles é um só: ajudar o máximo possível o casal na organização do casamento.

Quando eles resolvem ajudar, o nosso celular fica sem memória de tantas inspirações que eles nos mandam rsrs. O problema é que muitas delas não fazem nosso estilo. Então como falar com a família? Como eles podem ajudar ao invés de atrapalhar na organização do casamento?

planejar-o-casamento

Imagem: Lindsay Madden Photography

Bom noivas e noivos, é simples. Podemos designar algumas atividades para quem realmente está disposto a ajudar. Se aquela tia fanfarrona que adora fazer festas e dar pitacos está louca para ajudar e tem energia para isso, devemos analisar no que ela é boa, qual é o seu talento e designar uma tarefa que tenha a ver com o que ela sabe fazer. Por exemplo: ela adora fazer festas e está sempre pesquisando o preço dos itens decorativos, por que não pedir para ela fazer essa pesquisa para vocês?

Outro exemplo: se o sogro é advogado e está querendo ajudar no planejamento do casamento, por que não pedir para que ele nos ajudar a olhar o contrato dos fornecedores?

Se a melhor amiga sabe mexer bem no photoshop e tem talento em design gráfico, ela pode ajudar a desenvolver a papelaria para o grande dia.

Esses são apenas três exemplos, mas já deu para terem uma ideia do que estou falando, certo?

planejar-o-casamento

Imagem: Darin Limsuansub

É importante lembrarmos que, a família e os amigos não são nossos fornecedores e devemos designar tarefas e atividades para eles somente se mostrarem algum interesse e se tiverem tempo para isso!!!!  Não podemos obrigar as pessoas a nos ajudarem só porque fazem parte da nossa vida pessoal e tem um lugar especial em nossos corações.