Quem Casa, Quer Casa | Nest Cam IQ indoor & Mais segurança

O que mais presamos, hoje em dia, é a segurança. Não só a nossa, como pessoas, mas da nossa casa. E uma câmera, a Nest Cam IQ indoor, vem para solucionar esse problema.

Ela é absolutamente incrível!

nest cam iq indoor

Imagem: Reprodução

 

Mais segurança com Nest Cam IQ Indoor

 

Não, essa matéria não é um publipost, traz apenas um item que pode nos ajudar no dia a dia em relação a segurança da nossa casa.

Vocês sabem que casas inteligentes estão cada vez mais comuns, e ter uma câmera dessas, aliás, esse sistema de alta definição é mais um meio para nos mantermos mais calmos ao sair de casa.

Essa câmera permite que acompanhemos ao vivo o que acontece em nossa casa. Além de receber alertas caso haja visitas de pessoas desconhecidas, ela reconhece os pets com o intuito de não enviar falsos alarmes. Com ela, também é possível falar com quem está na casa.

Mas não para por aí, a Nest Cam IQ indoor tem reconhecimento facial, reconhecimento de pets (como mencionei acima) e movimentações diferentes. E podemos acompanhar tudo pelo nosso smartphone.

Ou seja, é um verdadeiro sistema de segurança.

Não achei seu preço um absurdo. No site da marca, ela custa cerca de U$ 299,00 e no ebay aparece de R$ 243,00 em diante.

 

Quem Casa, Quer Casa | Produto high tech para a casa nova

Peças chaves para receber em casa

Cinza – chique e atemporal

 

Vida de Casada | Conselhos dos casados aos solteiros

Na quinta-feira passada, li uma matéria super interessante no Huffington Post Brasil sobre os conselhos dos casados aos solteiros. Achei alguns depoimentos bacanas e resolvi trazer algum deles para vocês juntos de reflexões.

conselhos dos casados aos solteiros

Imagem: MercatorNet

 

Conselhos dos casados aos solteiros

 

Nessa publicação do Huffignton Post quem aconselhou os homens solteiros foram homens casados. E o mais legal é ver suas versões do que é estar casado. Mulheres e homens pensam de maneiras completamente diferentes e poder ler esses conselhos é entender um pouco da visão masculina sobre um relacionamento.

Conselho #1

Um dos depoimentos que mais gostei foi esse abaixo:

“Alma gêmea é um rótulo que deve ser conquistado, não imaginado. Minha mulher é minha alma gêmea, e não é porque ela fisicamente combina com o que eu sempre imaginei que minha alma gêmea seria. Ela é minha alma gêmea porque tudo o que eu faço e tudo o que eu sou é melhor por causa dela.

Não importa quantos anos passem em nosso casamento, não importa quantos altos e baixos, sucessos e fracassos, independentemente do reflexo que ela vê no espelho, eu a enxergo do mesmo jeito. A mesma mulher a quem prometi minha vida no dia em que nos casamos.

Ela ainda é a mesma mulher das minhas fantasias, e tento seduzi-las constantemente. Não estou de sacanagem — sei que essa mulher é minha alma gêmea por causa do homem que ela me inspira a ser. E quando eu deito na cama à noite, acordo de manhã — meu mundo inteiro funciona porque ela está lá, dormindo em paz.”

– ksozay

conselhos dos casados aos solteiros

Imagem: Shropshire Star

Concordo plenamente com ele. Alma gêmea é algo a ser conquistado e isso se conquista com pequenos gestos de amor, carinho, cuidado. Se inspirar nx parceirx para ser uma pessoa melhor é algo que todos nós deveríamos fazer.

Outra coisa que ele fala é sobre seduzi-la constantemente. Isso deve fazer parte da rotina de qualquer casal. Sem isso, o relacionamento esfria e começa a gerar insatisfação, que leva a infelicidade, que tem como consequência a separação.

Em um casamento nós precisamos valorizar e sermos valorizadas!

conselhos dos casados aos solteiros

Imagem: Reader’s Digest

 

Conselho #2

Outro conselho verdadeiro que acho pertinente colocar aqui também:

“Perceba que, em algum momento, em todos os relacionamentos, você provavelmente vai ficar irritado/frustrado/com raiva o suficiente para querer se separar.

Os relacionamentos devem ser bons quase o tempo todo, mas é bobagem a ideia de que vocês nunca vão brigar até um dos dois chorar ou até mesmo odiar um pouco o outro. Você vai se sentir assim às vezes. Você tem de lembrar que sentimentos assim são normais. Você tem de se perguntar se o que você tem quando as coisas vão bem vale a pena nas horas difíceis.”

Free__Will

Isso é algo para se prestar atenção. Não importa quanto tempo de casados nós temos, volta e meia nos sentimos assim. E nessas horas o que podemos fazer? Exatamente como é dito acima, temos que nos perguntar se o que temos quando as coisas vão bem vale a pena nas horas difíceis.

Se aqui a resposta for sim, devemos nos livrar de todo esse sentimento ruim e ser feliz. Agora se a resposta for não, precisamos analisar bem nossa situação e tomar uma atitude.

conselhos dos casados aos solteiros

Imagem: NPR

Para lerem a matéria original na íntegra, cliquem aqui.

 

O que acharam desses conselhos dos casados aos solteiros? Nos fazem refletir bem sobre nosso casamento, né?

 

História de Amor – Da série: desabafos e dicas sobre relacionamento

Da série: Desabafos & Dicas – Noivas cansadas e estressadas

Romance – Da série: Desabafos & Dicas sobre Relacionamento

 

Amor verdadeiro: consertar ou jogar fora?

“Porque eu fazia do amor um cálculo matemático errado: pensava que, somando as compreensões, eu amava. Não sabia que, somando as incompreensões é que se ama verdadeiramente. Porque eu, só por ter tido carinho, pensei que amar é fácil”.

É com essa frase de Clarisse que começo o texto de hoje. Eu passo a maior parte do meu tempo lendo e criando conteúdo para o blog e alguns clientes, e quando me deparei com a matéria, da qual tirei a frase acima, do site Fãs da Psicanálise me peguei refletindo sobre o quanto o amor hoje é descartável.

O que será que aconteceu com o felizes para sempre? O que aconteceu com a perseverança, a compreensão e a paciência? Por que hoje as pessoas querem sentir somente a paixão se o amor é ainda melhor?

Estamos vivendo em uma época em que as borboletas no estômago são mais importantes do que elo entre duas pessoas, do que o “até que a morte nos separe”. Tudo bem, concordo que não devemos ficar passando perreios em um relacionamento, mas não é no primeiro obstáculo que devemos desistir. Nós devemos fazer de tudo para que o amor permaneça intacto.

casal

E isso me faz pensar: por que os casamentos duravam tanto antigamente?! O amor sempre foi o mesmo, então por que?

As pessoas sabiam que o amor vale a pena e que a paixão é algo passageiro. Ela, assim como tudo na vida, vai e vem a medida que os anos vão passando. Então por que não lutar e consertar o amor ao invés de ficar a vida toda em busca do frio na barriga?

Ryan-Gosling-Rachel-McAdams-Notebook

Imagem via Google

Devemos lutar com unhas e dentes pelo amor verdadeiro e para isso é necessário não só ter carinho e paixão, mas muito mais. Paciência, cumplicidade, compreensão, companheirismo, apoio…. são sentimentos e ações que não devemos nunca deixar do lado de fora de um relacionamento. Uma relação sem isso, está fadada ao fim. É fato.

Estou falando sobre isso porque vejo muitos casais que se amam terminando, se divorciando porque não há conversa, não há empatia. E como podemos viver à dois sem empatia, sem saber o que o outro está sentindo, sem saber o que ele pensa sobre a vida?

 

Enfim, casados!

CASAIS, SEUS lindos, hoje resolvi escrever um texto falando um pouco sobre a vida de casado. Não, eu ainda não casei, mas estou em um relacionamento há 7 anos e há 5 morando junto (praticamente casada rsrs). Então, creio que tenho um pouco de propriedade para falar sobre o assunto.

Aqui no blog, sempre abordamos assuntos com inspirações para o casamento, seja o vestido, a decoração, as lembrancinhas… Nós amamos todo esse processo de organização de casamento, mas às vezes, sentimos necessidade de falar sobre a vida após o “Sim, eu aceito”.

Aqui no blog, pouco falamos sobre a vida de casado em si, pois buscamos referências para o grande dia, a festa cerimonial, e nós amamos todo esse processo de organização do casamento, mas, ás vezes, sentimos vontade de falar sobre a vida após o “Sim, ey aceito.”

Estar em um relacionamento é muito bom. Conversas, carinhos, paparicos…. Tudo muito gostoso. Mas a gente só conhece mesmo a pessoa morando junto. Essa é uma frase que ouvi desde pequena e que nunca levei muita fé, até resolver compartilhar um teto com a pessoa que eu amo.

É a partir desse momento que a gente conhece todas as manias do nosso companheiro. Quando moramos muito tempo sozinhas, nos acostumamos com a nossa rotina, a nossa hora de descanso e fazemos tudo ao nosso tempo. Por isso, algumas pessoas têm dificuldades em morar com outra pessoa, porque a rotina é quebrada.

Agora são DUAS pessoas com DUAS rotinas diferentes e com manias diferentes. E agora, o que fazer?

Para um casamento dar certo é necessário que ambas partes estejam preparadas para ceder um pouco. Mas não é só isso. Tem alguns itens que são fundamentais para uma relação ter sucesso. Entre eles:

– Conversa:

Já li e ouvi diversas noivas e noivos reclamando sobre alguns aspectos do casamento.

“Ahhh, mas ele faz isso, faz aquilo….. Estou começando a me irritar”.

“Ela não me escuta, acha que tem sempre razão. É como se ela estivesse em um relacionamento sozinha”. (Meninos, a gente sempre tem razão rsrsrs).

Brincadeiras à parte, quando leio ou ouço isso sempre pergunto para a pessoa, mas você já chegou a conversar com ele ou com ela sobre isso. Expor o seu lado e os seus sentimentos?

A resposta é quase sempre a mesma: Não!

Gente, dialogo é tudo!!!! As pessoas não têm bola de cristal para adivinhar o que nós estamos sentindo. E isso vale para tudo, não só em relacionamento de marido e mulher. Outra coisa, conversar não é acusar ou cobrar.

É apenas para expor o nosso sentimento. Nessas horas, o casal deve sentar, abrir o coração e colocar tudo para fora. Mostrar de maneira carinhosa e respeitosa o que está errado. E claro, compreender o que aconteceu e o porquê chegou nesse ponto.

Conversa é TUDO!!!!!

– Ceder:

Como mencionei acima, ceder é muito importante. Vocês devem lembrar que o companheiro não é o pai, ele é a pessoa por quem nos apaixonamos e aquela que escolhemos para começar uma família.

Vocês não estão mais sozinhas, é necessário abrir mão de algumas coisas que gostamos para fazer o relacionamento dar certo. Assim como a outra pessoa também fará. Ambos precisam ceder para que a relação fique equilibrada.

– Ciúmes:

Outro item que entra para a lista é o ciúme. Gente, se a pessoa está com vocês é porque ela escolheu estar com quem faz bem para ela, ou seja VOCÊS. O ciúme é desnecessário e faz a relação se desintegrar aos poucos. É claro que, é necessário que aja respeito.

Quem é respeitado, não tem o por que ter ciúmes. Porque não há brechas.

Lembrem-se: não somos propriedade/proprietários de ninguém.

– Romance:

Vocês se lembram de como somos românticos, e muitas vezes até bregas, no início do relacionamento? Pois bem, essas “breguices”, esse ser romântico que há dentro de nós não deve morrer jamais!!!!!!!!!!!

Levar café na cama com o pão cortadinho em forma de coração, escrever uma cartinha ou um recadinho cheio de amor entre outras ações devem continuar aparecendo na relação. Assim, o casal sente-se amado, lembrado, cuidado!

Não deem presentes somente em datas comemorativas, deem presentes porque quando vocês olharam o objeto, simplesmente lembraram da pessoa amada. Não podem gastar com presentes??? Não tem problema, faça!!!! Use a criatividade e elabore algo que vocês saibam que a pessoa vai amar. Ás vezes, um presente feito, criado, é mais valorizado do que aquele comprado.

 

Tem muitos outros pontos ainda para abordar para ter um casamento perfeito, mas creio que os principais são esses.

Espero que vocês tenham gostado do texto e se tem alguma coisa que queiram acrescentar fiquem a vontade para deixar nos comentários.

Imagem: Pinterest